Renato vê empate do Grêmio com o Vitória justo: “Criamos quase nada”

Técnico diz que Tricolor não soube aproveitar superioridade numérica no segundo tempo

13 de novembro de 2017 - Às 06:39
Foto: Rodrigo Rodrigues

O Grêmio empatou em 1 a 1 com o Vitória, na tarde deste domingo, no Alfredo Jaconi. E foi de bom tamanho conforme a avaliação do técnico Renato Gaúcho. O comandante tricolor não gostou do rendimento ofensivo do time no segundo tempo e disse que a equipe não conseguiu aproveitar o fato de ter um jogador a mais após a expulsão de Fillipe Soutto.

O Tricolor teve duas chances criadas, uma com Lucas Barrios, defendida por Fernando Miguel, e outra convertida por Luan, mas o camisa 7 estava em impedimento. Renato também afirmou que falta, para superar barreiras como a formada pelo Vitória neste domingo, jogadores com características de dribles.

– O primeiro tempo foi parelho, uma ou outra situação para cada lado, um para cada equipe. O segundo tempo mesmo com um jogador a mais a gente não soube aproveitar. Criamos praticamente quase nada, a não ser uma situação bem clara com o Barrios e infelizmente a bola não entrou. Duas linhas de quatro na frente da área. Aí falta aquele jogador que vai para o drible individual, que tenta abrir a defesa. Tentamos uma ou outra jogada, mas não conseguimos. O resultado foi justo pelo que aconteceu no jogo – analisou o técnico gremista.

Além do retorno de Barrios, o Grêmio teve a presença de Jailson como novidade. E a escolha por Leonardo improvisado como lateral-esquerdo, já que Cortez e Marcelo Oliveira estavam fora da partida por questões físicas.

“O segundo tempo mesmo com um jogador a mais a gente não soube aproveitar. Criamos praticamente quase nada. O resultado foi justo pelo que aconteceu no jogo” (Renato Gaúcho)

– Leonardo tem treinado bastante pelo lado esquerdo, em jogo-treino ou coletivo. É um jogador que se adaptou melhor que os outros, tem muita força e cabeceia bem. Fez a jogada do gol, belíssima, mesmo torto e cruzou com a perna errada. Ele esteve muito bem, só saiu porque coloquei a equipe com uma ofensividade maior, aproveitando o Fernandinho ali. Enquanto esteve no campo, teve mutio bem – completou.

O empate deixou o Grêmio com 58 pontos, ainda na vice-liderança do Brasileirão, mas podendo ser ultrapassado pelo Santos, que enfrenta a Chapecoense nesta segunda-feira. O Tricolor volta de Caxias do Sul neste domingo e treina nesta segunda no CT Luiz Carvalho. O próximo compromisso é contra o São Paulo, na quarta, às 19h30, na Arena.



Veja também