Foto: Eduardo Moura

O Grêmio suou para vencer o Flamengo por 3 a 1, na Arena, na tarde deste domingo. Renato Gaúcho precisou do banco de reservas para virar o jogo, válido pela 32ª rodada do Brasileirão, com dois gols de Everton e um de Luan com assistência de Beto da Silva. Contudo, o treinador minimizou o fator decisivo das substituições e preferiu ressaltar o trabalho coletivo e a agressividade da equipe no segundo tempo.

A primeira etapa ocorreu em baixa rotação na capital gaúcha. E o Flamengo esteve mais perto de abrir o placar. O Grêmio só foi chegar com mais ímpeto nos últimos cinco minutos, mas finalizou apenas uma vez com perigo. A partida se definiu mesmo nos 45 minutos finais, com os cariocas na frente e a virada a partir das entradas de Everton e Beto da Silva.

– No primeiro tempo, não é que o Grêmio foi tão mal. As duas equipes não apresentaram aquele futebol que todo mundo conhece de ambos os lados. Foi um jogo bastante equilibrado. Logo no começo do segundo tempo, o Flamengo saiu na frente. Começamos a criar mais. Não por causa das substituições que fiz, mas fomos mais agressivos. Não adianta achar que o Grêmio vai jogar sempre bem. O mais importante sempre são os resultados. Melhoramos bastante no segundo tempo e conseguimos virar um jogo contra um adversário muito forte. Todo mundo está de parabéns pela atuação – comentou Renato.

Para explicar a atuação abaixo no primeiro tempo, o comandante gremista citou os mesmos erros cometidos no segundo jogo da semifinal da Libertadores, contra o Barcelona–EQU, na Arena. A equipe perdeu por 1 a 0, mas passou à final pelos 3 a 0 em Guayaquil. A distância entre meio-campistas e atacantes deve ganhar atenção especial de Portaluppi até o próximo compromisso.

– Cometemos os mesmos erros que cometemos contra o Barcelona. As duas linhas ficaram muito longe do ataque e vice-versa. No intervalo, resolvemos isso, aproximamos mais todo mundo. O time saiu de trás, ficou mais juntinho. Tinha sempre um jogador do lado para fazer as jogadas e conseguimos ir para cima – exemplificou.

Com a vitória, o Grêmio se mantém no G-4 do Campeonato Brasileiro e sobe para terceiro, com os mesmos 54 pontos do Palmeiras. Na próxima rodada, o Tricolor visita a Ponte Preta, quarta-feira, às 19h30, no Moisés Lucarelli.



Veja também