Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A expulsão na derrota do Grêmio por 2 a 0 para o Athletico, na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, irá render uma multa para o atacante Diego Tardelli. O técnico Renato Gaúcho revelou um pedido de desculpas do camisa 9 para o grupo no vestiário, mas confirmou a cartilha interna de punição, em lance classificado como “infantil” pelo comandante.

Tardelli levou o cartão vermelho aos 21 minutos do segundo tempo ao acertar um chute por trás em Nikão, na lateral do campo. Justamente quando Renato preparava mudanças para o time. Precisou mudar os planos e ficou claramente irritado com o jogador

“Foi um lance infantil dele (Tardelli). Já pediu desculpa para o grupo. Mas a regra é para todos, vai ter a punição, a multa. Infelizmente, já é difícil 11 contra 11. Já estávamos com problemas” (Renato Gaúcho)

Com a derrota do Inter para o Goiás, o Grêmio podia garantir a vaga na fase de grupos da Libertadores com uma vitória em Curitiba. No entanto, foi dominado pelo Furacão e adiou a confirmação da vaga. Permanece em quarto, com 59 pontos, e vê o Athletico atingir a mesma pontuação.

— Conseguimos uma vitória importante contra o Palmeiras. Sabemos que vamos tropeçar, vamos ganhar. Queremos ganhar sempre, mas nem sempre vai ser possível. O mais importante é que continuamos no G-4 e temos dois jogos em casa. Podemos carimbar a passagem direta para a Libertadores — analisou o técnico em entrevista coletiva.

O Grêmio retorna do Paraná e desembarca no meio da tarde desta quinta-feira em Porto Alegre. O elenco será liberado e só volta aos treinamentos na sexta. O clube gaúcho encara o São Paulo no próximo domingo, na Arena, às 19h.



Veja também