Foto: Reprodução

Renato Gaúcho já está no Brasil. Mas o treinador do Grêmio não desembarca junto ao grupo que disputou o Mundial de Clubes, nos Emirados Árabes, em Porto Alegre. Ao lado do empresário Gerson Oldenburg, da filha Carol Portaluppi e do auxiliar Alexandre Mendes, o técnico voltou ao país diretamente ao Rio de Janeiro, onde passará férias. Já seu representante anunciou que estará na terça-feira no Rio Grande do Sul para tratar a renovação de contrato.

– Chegando de Dubai depois de 18 horas meio quebrado mas tá valendo. Nada melhor que dois dias no errejota pra recuperar. Porque terça-feira tem viagem a Porto Alegre, semana de definições que ano já tá quase acabando – escreveu Oldenburg em seu perfil no Instagram.

O empresário esteve junto todo o período que o Grêmio ficou nos Emirados Árabes para o Mundial justamente para iniciar as negociações pela renovação com o treinador para 2018. Contudo, as conversas foram interrompidas para Renato focar na decisão, contra o Real Madrid. O Tricolor perdeu por 1 a 0 e desembarca nesta segunda-feira em Porto Alegre com o segundo lugar na bagagem.

O pedido para “esquecer” o tema da renovação havia partido do próprio Renato, que demonstrou abatimento depois da derrota para o Real Madrid. Pelo lado tricolor, o presidente Romildo Bolzan Júnior e o vice de futebol Odorico Roman deixaram clara a intenção de contar com o maior ídolo para 2018. Entretanto, será necessário inserir no orçamento limitado o provável alto salário colocado na mesma da diretoria.

Na temporada, o Grêmio disputou 79 partidas, com 41 vitórias, 18 empates e 20 derrotas. Foram 121 gols marcados e 66 sofridos. Além do título da Libertadores e do vice no Mundial, o Tricolor gaúcho foi até a semifinal da Copa do Brasil e terminou o Campeonato Brasileiro na quarta posição. Também caiu na semifinal do campeonato estadual.

Após o vice-campeonato do Mundial de Clubes, o Grêmio entra em férias. No dia 18 de janeiro, inicia a disputa do Gauchão, quando enfrenta o São Luiz, em Ijuí. As primeiras partidas terão a presença de jovens da base e do time de transição.



Veja também