Renato profetiza derrota do Grêmio no fim do jogo contra o Bahia: “Coisa pior ia vir. E veio”

Técnico do Grêmio admite que time jogou mal e que jogadores estavam desgastados fisicamente

17 de outubro de 2019 - Às 06:22
Foto: Eduardo Moura

Nos olhos de Renato Gaúcho, a noite desta quarta-feira não foi das melhores para o Grêmio, que perdeu para o Bahia por 1 a 0. O técnico do Tricolor gaúcho admitiu uma atuação ruim com jogadores desgastados fisicamente. Tanto que “profetizou” a derrota aos 35 minutos do segundo tempo, conforme relatou em entrevista coletiva.

Os planos dos gaúchos de entrar pela primeira vez no G-4 do Brasileirão bateu de frente com uma forte retranca baiana. E o gol aos 45 do segundo tempo, de pênalti, sacramentou a derrota. O próprio Renato já via, ainda nos primeiros minutos de jogo, que seria uma noite ruim para os gremistas. Também previu o gol baiano por volta dos 35 da etapa final.

— A gente não fez uma boa partida. O jogo em si tecnicamente foi muito abaixo do esperado. O Bahia só se defendendo, buscando contra-ataque. O Grêmio não conseguindo criar. O time não jogou a mesma coisa que vinha jogando. Com cinco minutos olhei pro banco e disse: “hoje não vai ser a nossa noite”. Aos 35, estava falando para acabar o jogo, porque coisa pior ia vir. E veio — lamentou o técnico após a partida.

O Grêmio tentou vencer escalando força máxima. Jogadores que estavam a serviço de suas seleções, como Everton, Matheus Henrique e Kannemann, pouco treinaram e já foram a campo. O desgaste físico pesou diante do Bahia. Apesar de todos problemas, Renato deu respaldo ao elenco, que tem créditos com ele.

— Perguntei se estavam com a perna pesada, todo mundo falou que estava bem. Faltando uma semana para o Flamengo (pela Libertadores), tinha que colocar para jogar. Mas eu tenho três substituições, tivesse sete ou oito, umas cinco ia fazer no intervalo. Não me lembro de termos jogado tão mal. Mas faz parte, eles (jogadores) têm muito crédito — reforçou Renato.

Até o momento, o Grêmio segue em sexto lugar na tabela pelo saldo de gols. Mas vê o Bahia junto, com os mesmos 41 pontos. O Tricolor gaúcho volta a campo no próximo sábado, diante do Fortaleza, às 17h.



Veja também