Renato minimiza gols perdidos e elogia produção do Grêmio

Treinador, porém, admitiu que Tricolor poderia ter vencido o Zamora por placar mais elástico

26 de maio de 2017 - Às 05:56
Foto: Fabiano do Amaral

O Grêmio venceu o Zamora por 4 a 0 na noite desta quinta-feira e garantiu a classificação com a terceira melhor da fase de grupos da Libertadores. O Tricolor, porém, acumulou chances perdidas e deixou de fazer um placar mais elástico. Após o jogo, o técnico Renato Portaluppi minimizou os erros e tratou de valorizar as oportunidades criadas.

“Não é que a minha equipe tenha chegado na frente do gol e de repente alguém tenha tentado fazer alguma coisa diferente. A minha equipe jogou muito bem e criou. A gente entende que o adversário era um pouco frágil. Procuramos fazer a nossa parte de todas as formas”, disse Renato, que admitiu que o Grêmio poderia ter feito mais gols.

“Fizemos os quatro gols, poderíamos ter feito mais, mas está de bom tamanho. Terminamos em terceiro lugar na classificação geral e está muito bom. Vamos aguardar o sorteio e ver o que vamos enfrentar pela frente”, afirmou.

Quem novamente chamou atenção pelos gols perdidos foi Pedro Rocha. Apesar de ter feito um gol, ele perdeu pelo menos mais três boas chances. Renato foi questionado se o fato de o atacante ajudar muito na marcação tem atrapalhado na hora de concluir. O treinador ressaltou que essa função feita por Pedro Rocha é importante para a equipe e ele não irá mudar.

“Taticamente é o trabalho dele (Pedro Rocha), ele vai continuar fazendo esse trabalho. É um jogador de 21, 22 anos. Ele faz muito bem esse papel. Ele tem força de marcar e chegar na frente. Por isso sempre falei que ele é importante. Hoje ele fez gol, perdeu alguns, mas estava lá. Ele não vai fazer todos os gols. Ele nem ninguém. Cada um tem a sua parcela. Ele sempre cumpriu o seu papel e bem”, disse.

O Grêmio volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Sport pelo Campeonato Brasileiro. Nesse jogo, Renato deve poupar titulares visando ao confronto de volta da Copa do Brasil contra o Fluminense no Rio de Janeiro.



Veja também