Renato lamenta pouco entrosamento para estreia na Libertadores

Lesões levaram o treinador a modificar bastante a equipe que encara o Zamora

7 de março de 2017 - Às 12:06
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

O técnico Renato volta a ter problemas para a estreia na Copa Libertadores, diante do Zamora, na Venezuela. O treinador já tinha as baixas confirmadas dos lesionados Edílson, Maicon e Douglas, e agora foi surpreendido com a ausência de Geromel, com fratura na costela. Se levar em conta a venda do volante Walace, o Tricolor estreia na Libertadores com um time muito modificado em relação ao que conquistou a Copa do Brasil.

“Me preocupa o entrosamento. A cada rodada a gente perde um ou dois jogadores diferentes”, lamentou Renato. “Temos cinco jogadores fora da equipe que acabou a Copa do Brasil. São perdas muito grandes”, afirmou.

Apesar disso, o técnico disse não ter dúvidas sobre a equipe que entra em campo na quinta, às 19h30min. Mas preferiu manter o mistério. “Vocês vão saber 15 minutos antes (do jogo). Quando menos armas dar para o adversário, melhor. O time tá na minha cabeça”, garantiu.

Renato lamentou que o Grêmio perde atletas a cada rodada “São jogadores importantes, atrapalha no entrosamento da equipe. São jogadores respeitados pelo adversário”, destacou.

Questionado sobre o aproveitamento de Barrios, o técnico não garantiu a titularidade do atacante. “Barrios chegou pronto. Ele tá no grupo e não precisou aperfeiçoar a parte física. Está pronto para começar ou entrar na partida”, despistou.



Veja também