Sem vencer há duas semanas, com três empates seguidos, o técnico Renato Portaluppi passou a ser questionado por parte da imprensa e da torcida sobre a opção de escalar o meio de campo do Grêmio com Thaciano, deixando Darlan no banco de reservas. Na coletiva após o 1 a 1 com o Atlético-MG, o treinador destacou que a altura é um dos motivos que fizeram optar pelo meio de campo utilizado ontem.

“Nos últimos jogos, pegamos adversários com jogadores de meio de campo altos e que são bons de cabeça. Por isso, reforçamos o setor. Hoje tínhamos três volantes: o Lucas e o Thaciano, mais o Darlan no banco. Já que o Matheus (Henrique) estava lesionado e o Maicon ainda não tem condições de jogar 90 minutos. Foi desta forma que achei melhor. Ganhamos de um lado e perdemos do outro”, revelou Renato.

Durante a coletiva, o treinador destacou que Lucas Silva entrou em campo sentindo muitas dores justamente pela necessidade de um setor mais alto. No decorrer do segundo tempo, o volante deixou o gramado de maca e passou a ser dúvida para o Gre-Nal de domingo, no Beira-Rio.

Até minutos antes das equipes entrarem em campo para o clássico, a imprensa e torcedores não saberão como será formado o setor. Além de Lucas Silva, que será reavaliado no treino desta quinta-feira, Matheus Henrique segue em recuperação e não tem presença garantida. Com os problemas médicos, a ideia é manter segredo a situação dos atletas e dificultar a preparação do adversário.

“Semana de Gre-Nal e daqui a quatro dias teremos mais uma decisão. Temos jogadores do departamento médico, mas não vai sair nada através dos médicos ou da minha boca. Vamos conversando com os jogadores e sentindo (a situação deles). Uma hora antes da partida vocês vão saber a equipe que vai jogar o Gre-Nal”, afirmou o técnico.

Maicon se emociona ao falar que queria jogar mais e Renato lamenta 

Maicon retornou aos gramados após se recuperar de uma lesão na panturrilha contra o Palmeiras e esteve em campo durante 15 minutos. Contra o Galo, devido a lesão de Lucas Silva, permaneceu durante 37 minutos. Nos dois jogos fez a equipe ter um melhor rendimento e chegar aos empates.

Ao deixar o gramado, o volante ficou emocionado ao falar sobre os motivos que o impedem de iniciar os jogos. “Tem sido muito difícil para mim porque eu quero jogar e não consigo, apesar de melhorar a cada dia. Mas vou continuar trabalhando, pois ainda tenho muito para ajudar nossa equipe”, revelou.

Renato lamentou também não pode contar mais com o volante. “Sabemos da importância do Maicon, mas nem sempre é possível. Troco muitas ideias com ele e, infelizmente, no momento, ele não tem condições de iniciar. Mas sempre que entra ajuda bastante. Tem algumas informações que prefiro não passar para vocês”, concluiu.

O Grêmio se reapresenta na tarde desta quinta-feira. O Gre-Nal está marcado para domingo, às 16h, no Beira-Rio, e é válido pela 31ª rodada do Brasileirão. O Colorado é líder com 59 pontos. O Tricolor é o sexto com 51, mas com um jogo a menos.



Veja também