Renato Gaúcho atingiu uma marca incomum no futebol brasileiro. Há 1264 dias à frente do Grêmio na atual passagem, Portaluppi superou o número de dias como treinador de um mesmo time que Muricy Ramalho alcançou, em 2009. Hoje comentarista, Muricy foi tricampeão brasileiro pelo São Paulo e deixou o clube paulista após 42 meses de trabalho. O recorde de permanência na elite do futebol brasileiro* se sustentou até esta sexta-feira.

– É uma honra para mim. Fico muito Feliz. No Brasil, você sabe que isso é muito difícil, quase impossível. O recorde era do Muricy, antes teve o Mano Menezes também, grandes treinadores. Quero agradecer muito ao Grêmio e a confiança do presidente Romildo pela sequência do trabalho.

Vamos em busca de títulos, pois sou tarado por títulos.

Renato Gaúcho está no Grêmio desde setembro de 2016 e já foi campeão cinco vezes — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

Renato Gaúcho está no Grêmio desde setembro de 2016 e já foi campeão cinco vezes — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

Detentor da antiga marca que durou mais de uma década, Muricy elogiou o trabalho de Renato à frente do Grêmio e destacou o esforço da diretoria em manter o treinador.

– É muito legal porque o Grêmio está dando um exemplo de como deve ser. Nesse tempo todo não é só vitórias. Tem momentos que o time oscila e onde tem respaldo da diretoria para apoiar o treinador para seguir o trabalho, confiar no que ele está fazendo. Comigo no São Paulo foi a mesma coisa, já tinha uma filosofia implantada de futebol e o presidente acreditava muito na gente.

– Que bom que o Grêmio está dando essa oportunidade para o Renato seguir implantando seu futebol. Você percebe que o presidente acredita muito no Renato. É muito importante o presidente do clube acreditar no treinador. Senão, qualquer momento de oscilação, com pressão, o presidente que não é firme, acaba tirando o treinador. Então, o Grêmio está dando um exemplo para os clubes brasileiros, que infelizmente não pensam assim.

Muricy Ramalho acredita que o Grêmio está dando exemplo ao manter um treinador por tanto tempo — Foto: Reprodução

Muricy Ramalho acredita que o Grêmio está dando exemplo ao manter um treinador por tanto tempo — Foto: Reprodução

Feitos de Renato Gaúcho na atual passagem pelo Grêmio

As primeiras taças de Renato Gaúcho como treinador do Grêmio vieram na terceira e atual passagem. Entre 2010 e 2011, ficou 11 meses no cargo e saiu após 66 partidas. Em 2013, foram apenas seis meses e 39 jogos como treinador gremista. A maré virou a partir de setembro de 2016.

Logo na primeira partida, uma classificação sofrida nos pênaltis sobre o Athletico-PR, pelas oitavas da Copa do Brasil daquele ano. Nesta mesma competição, ele seguiu até conquistar o primeiro troféu sobre o Atlético-MG, em dezembro de 2016. Desde então, Renato conduziu o Grêmio a mais quatro títulos. O mais marcante foi o da Libertadores de 2017, sobre o Lanús. Ele ainda conquistou dois Campeonatos Gaúchos e uma Recopa Sul-Americana.

OBS: a Recopa Gaúcha de 2019 não foi considerada como título oficial pela reportagem. Por isso, ele soma cinco conquistas e não seis.

Time do Grêmio campeão da Libertadores de 2017 — Foto: Lucas Uebel / Grêmio F.B.P.A.

Time do Grêmio campeão da Libertadores de 2017 — Foto: Lucas Uebel / Grêmio F.B.P.A.

Nos três anos, cinco meses e 17 dias como treinador do Grêmio, Renato Gaúcho já soma 255 jogos. Foram 131 vitórias, 62 empates e 62 derrotas. Um aproveitamento de 59,4%.

Jogadores destaques da Era Renato Gaúcho

Nestes mais de três anos como técnico do clube, Renato tem seus fieis escudeiros. Alguns jogadores ganharam a confiança do treinador e foram peças importantes dos esquemas montados para cada duelo do Imortal.

Principal nome do atual time, Everton Cebolinha é quem mais atuou sob o comando de Renato Gaúcho. Com 191 jogos, Everton é disparado o atleta mais acionado por Portaluppi para entrar em campo. Abaixo dele vem o trio de defensores Kannemann (158 jogos), Bruno Cortez (150) e Pedro Geromel (149). Agora no Corinthians, Luan fecha o top-5, com 140 partidas. O meia foi peça fundamental na conquista da Libertadores de 2017, recebendo inclusive o prêmio de Rei da América daquele ano.

Jogadores mais usados por Renato Gaúcho no Grêmio desde 2016 — Foto: Infoesporte

Jogadores mais usados por Renato Gaúcho no Grêmio desde 2016 — Foto: Infoesporte

Além de jogador com mais partidas com Renato Gaúcho, Everton também é o artilheiro do time desde que o técnico assumiu o comando da equipe: são 57 gols. O meia-atacante Luan, hoje no Corinthians, é o vice-artilheiro, com 39 gols. Peça importante no título da Libertadores, Lucas Barrios aparece como terceiro maior goleador, com 18 bolas na rede. Veja o top-10 abaixo:

Artilheiros da Era Renato Gaúcho

ArtilheirosGols
Everton57
Luan39
Lucas Barrios18
Ramiro17
Pepê17
Alisson17
Pedro Rocha16
Jael14
Fernandinho12
Miller Bolaños11
André11

Fonte: Espião Estatístico

O GloboEsporte.com separou também a lista dos principais garçons da equipe de Renato Gaúcho nestes mais de três anos. Luan, Everton, Alisson, Jael e Maicon estão no topo. Confira a lista:

Garçons da Era Renato Gaúcho

GarçonsAssistências
Luan33
Everton22
Alisson18
Jael14
Maicon13
Pedro Rocha11
Léo Moura11
Jean Pyerre9
Pepê9
Ramiro9

Fonte: Espião Estatístico

Luan é quem acumula mais passes para gol nesta atual passagem de Renato Gaúcho no Grêmio: 33 assistências — Foto: Reprodução

Luan é quem acumula mais passes para gol nesta atual passagem de Renato Gaúcho no Grêmio: 33 assistências — Foto: Reprodução



Veja também