Por Giovani Mattiollo
- Às 06:11
123

Foto: Eduardo Moura

O discurso do técnico Renato Gaúcho após a classificação do Grêmio à semifinal da Libertadores não poderia ser outro. Depois de sair atrás no placar contra o Palmeiras, na noite desta terça-feira, o Tricolor virou o jogo e obteve uma vitória “épica”, nas palavras do treinador.

Na entrevista coletiva depois do duelo no Pacaembu, Portaluppi destacou mais uma vez a confiança e orgulho que tem em seu grupo de jogadores, que jamais lhe deu problemas, segundo ele. E também reforçou o pensamento de que a equipe tem o melhor futebol do Brasil.

– Foi uma partida épica, de raça. O Grêmio gosta de ganhar, gosta da bola, de agredir. Tem, sim, o melhor futebol do Brasil, com resultado. Não ganhou em dois anos e meio seis títulos à toa. A gente respeita todo mundo. Agora, futebol bonito o Grêmio tem, sim. E o aproveitamento é sensacional – afirmou.

O comandante gremista reiterou que nada fez diferente para reverter o 1 a 0 sofrido na partida de ida, na Arena. A busca incessante pela vitória se mostrou eficaz mesmo após o gol de Luiz Adriano logo no começo do jogo desta noite. O Palmeiras mal teve tempo de comemorar e já havia sofrido a virada.

– Havia falado ainda no outro jogo. O Grêmio tem a maneira dele de jogar, busca a vitória em qualquer competição, em qualquer lugar. Não vou mudar minha equipe a cada partida porque o resultado não veio. Temos um esquema que dura praticamente três anos e tem dado certo. Confio no meu grupo. Digo para eles que isso aqui é Grêmio – comemorou.

O Grêmio aguarda o resultado de Inter x Flamengo, que decidem a vaga na semifinal na noite de quarta-feira. Porém, as datas ainda não estão confirmadas pela Conmebol. O certo é que os dois jogos ocorrerão em outubro. O Tricolor fica na capital paulista até o sábado, quando enfrenta o São Paulo pela 17ª rodada do Brasileirão.


Comentários