Após empatar com o Goiás em 0 a 0, no sábado (12), o Grêmio voltou a atenção para o confronto decisivo contra o Santos, pela Libertadores, no meio de semana. No Tricolor, a principal dúvida diz respeito a presença do meia Jean Pyerre na partida. O técnico Renato Portaluppi evitou dar qualquer pista sobre a situação.

— Assim como o Jean Pyerre, outros jogadores ficaram em Porto Alegre. A partir de amanhã (domingo), vou falar com o departamento médico. Faremos uma revisão dos jogadores e começo a pensar na equipe que vai enfrentar o Santos. Vamos ver a situação. Qualquer jogador pode começar o jogo de quarta-feira — pontuou.

O jogo diante dos paulistas também foi tema da fala do vice de futebol, Paulo Luz, que demonstrou confiança na classificação gremista.

— (Vamos) com concentração, foco, consciência do nosso poderio, com inteligência emocional e equilíbrio. O Grêmio é um time copeiro, acostumado a decisões. Vamos travar uma luta para sair classificado e chegar mais uma vez à semifinal da Libertadores — afirmou.

Grêmio e Santos se enfrentam na próxima quarta-feira (16), às 19h15min, na Vila Belmiro.



Veja também