Vitória – e taça – no Gre-Nal da última quarta-feira, vitória de novo na estreia do Brasileirão. Neste domingo, o Grêmio venceu o Fluminense por 1 a 0 na Arena, arrancou com três pontos no Campeonato Brasileiro e deixou satisfeito o técnico Renato Gaúcho.

Na entrevista coletiva após a partida, o treinador elogiou a atuação e a postura da equipe, até pelas ausências na escalação. O Tricolor não contou com Jean Pyerre e Matheus Henrique, além de Everton, já negociado com o Benfica.

– A equipe veio de uma decisão na última quarta-feira e se comportou muito bem. Estávamos sem alguns jogadores importantes. O grupo se entregou muito. Conseguimos estrear com uma vitória. Sempre importante fazer dever de casa. O Odair está fazendo um bom trabalho. O Fluminense é uma equipe difícil de ser batida. A maior prova disso são as finais do Carioca. Sabíamos que íamos encontrar dificuldades. Mas o Brasileiro é assim mesmo – afirma Renato.

Renato Gaúcho, na vitória do Grêmio sobre o Fluminense — Foto: Eduardo Moura

Renato Gaúcho, na vitória do Grêmio sobre o Fluminense — Foto: Eduardo Moura

O treinador também falou especificamente sobre as atuações de Pepê e Isaque, substitutos de Everton e Jean Pyerre na equipe respectivamente. Renato aprovou o rendimento dos dois garotos na equipe titular.

– Os dois jogadores se comportaram bem como toda a equipe. O Pepê, por exemplo, não é fácil substituir o Everton. Se comportou muito bem. Tem muito a dar, a crescer. Tem toda a minha confiança e do grupo. O Isaque veio da base, treinando bem. A gente vem lapidando esse garoto. Fez gol no Gre-Nal. Tem futuro muito grande, mas é a primeira vez que começa a partida entre os titulares. A única dificuldade foi o entrosamento. É garoto que vai nos ajudar bastante – analisa.

Com a vitória, o Grêmio soma três pontos na tabela. O Tricolor volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h30, quando enfrenta o Ceará na Arena Castelão pela 2ª rodada do Brasileirão.



Veja também