Renato fala após empate com o Bahia

4 de novembro de 2013 - Às 10:08
Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

O Grêmio ficou apenas no empate com o Bahia na Arena pelo placar de 0 a 0, o que gerou muitas vaias da torcida Gremista ao final do jogo. A sequência é ruim: São quatro jogos sem fazer gol e cinco sem vencer.

Na entrevista coletiva, Renato comentou também sobre as vaias:
— A vaia é de meia dúzia. Você não vai conseguir agradar a todos. Essas pessoas vaiam pois querem que o Grêmio vença todos os jogos. Eu também gostaria, mas você não tem o melhor time do mundo, nem o melhor treinador, nem nada melhor do mundo.
O comandante Tricolor também assegurou que o time não passa por dificuldades:
— O Grêmio não passa por momento de dificuldade. O Grêmio está em duas competições, é no momento é o vice-líder do Campeonato Brasileiro e semifinalista da Copa do Brasil. Se ganhasse todos os jogos, já seria campeão Brasileiro, e com uma grande margem de passar para a final da Copa do Brasil. As coisas estão muito bem, o que eu fico preocupado é com o desgaste físico e psicológico dos meus jogadores, pois temos alguma decisão a cada três dias.
(Após a vitória do Atlético, o Grêmio é 3º colocado).
No estilo Renato, o técnico não deixou de largar a corneta nos adversários:
— Se no meu Grêmio tiver algo errado, então o certo é quem está fora da Copa do Brasil e fora do G-4 do Brasileirão, de repente eles estão melhores que o Grêmio.
Para finalizar, o técnico argumentou das inúmeras oportunidades criadas pelo Grêmio, e espera uma ajuda lá de cima para a partida de quarta:
— Terminamos a partida com cinco atacantes e dois alas. Tivemos 19 finalizações, contra cinco do Bahia. Colocamos o time para cima, mas infelizmente a bola não quis entrar. Quem sabe o homem lá de cima está reservando coisa melhor para nós na quarta-feira.


Veja também