Apesar do placar não ter se mexido, o empate não define a atuação do Grêmio na noite deste sábado. Pelo menos é o pensamento do técnico Renato Gaúcho, que afirmou só ter faltado o gol no 0 a 0 com o Corinthians, na Arena. O comandante exaltou a atuação da equipe, que contou com a volta dos titulares.

O empate é o segundo consecutivo do Grêmio, que também trouxe um ponto contra o Ceará. Mas o desempenho do time não causou preocupação alguma. O volume de chances criadas agradou, mas as finalizações não tiveram a direção correta, inclusive o pênalti cobrado por Diego Souza.

— O Grêmio teve inúmeras oportunidades. Tivemos o pênalti. Minha equipe se comportou muito bem durante os 90 minutos. Buscou a vitória o tempo todo. O Vanderlei praticamente assistiu ao jogo. O Corinthians veio por um empate, um contra-ataque, bola parada. Criamos, tivemos o pênalti, mas acontece. Fiquei satisfeito com minha equipe. Se o Grêmio ganhasse, seria muito elogiado. Só faltou o gol para coroar a apresentação — analisou Renato.

Renato Gaúcho durante Grêmio x Corinthians — Foto: Eduardo Moura / ge

Renato Gaúcho durante Grêmio x Corinthians — Foto: Eduardo Moura / ge

O treinador reiterou que não esperava um rendimento melhor. No primeiro tempo, Renato cobrou bastante as jogadas de Orejuela pelo lado direito, com a passagem para o fundo e cruzamento. Além de elogiar Cássio, a quem chamou de “parede”.

— O melhor jogador foi o Cássio. Isso prova que o Grêmio criou. Ele é um grande goleiro. Talvez tenha faltado um pouco de tranquilidade no último passe ou escolher o melhor canto. Mas estou satisfeito. Criamos inúmeras oportunidades e batemos em uma parede. Dei os parabéns à equipe. Quando tem que cobrar, eu cobro — completou.

Com o resultado, o Grêmio tem agora cinco pontos no Brasileirão e está na quarta colocação, embora possa perder posições. Na próxima quarta-feira, vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Flamengo, às 19h15, no Maracanã.



Veja também