Depois de Geromel, Maicon e Alisson, Kannemann pode ser o próximo titular a retornar ao time do Grêmio. Após a vitória sobre o Botafogo, na noite de quarta-feira, Renato revelou que terá um papo com o zagueiro antes do jogo do próximo sábado contra o São Paulo, no Morumbi, pela 17ª rodada do Brasileirão. Por outro lado, o técnico adota cautela com Jean Pyerre.

Depois de um longo período de ausência, Jean ficou no banco de reservas e apenas assistiu a vitória gremista na última quarta-feira, na Arena. Kannemann sequer foi relacionado por desgaste físico em recuperação de Covid-19. Mas tem chances de voltar no fim demsna.

— Faremos a revisão com o Kannemann. Ele estava um pouco debilitado. O Geromel estava melhor, pediu para jogar. Os dois era difícil. Dependendo da conversa, vai para o jogo (contra o São Paulo) ou não. Quem dará a resposta é o próprio Kannemann, se estiver bem, confiante, vai para o jogo — disse Renato.

Jean Pyerre, do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Jean Pyerre, do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Renato é mais cauteloso com Jean Pyerre, que também contraiu o coronavírus recentemente. Havia uma expectativa dele jogar alguns minutos na última noite, mas a expulsão de Diego Souza logo aos sete minutos do segundo tempo, por agressão a Guilherme Santos, mudou os planos do treinador.

— Estamos recuperando o Jean, ainda não está 100%. Queríamos colocá-lo, mas perdemos o Diego, e ele está há muito tempo parado. Colocar sem entrosamento com jogador que tem ritmo de jogo, era perigoso. Por isso segurei. Vamos ver, vou pensar no time que enfrentará o São Paulo — finalizou.

Renato terá dois treinos, na quinta e na sexta-feira, para definir o time do Grêmio que pega o São Paulo. O duelo de tricolores ocorre no próximo sábado, às 21h, no Morumbi, pela 17ª rodada do Brasileiro. O tricolor gaúcho ganhou três posições com a vitória e agora é o 11º colocado na tabela, com 20 pontos.



Veja também