Em meio à briga para garantir a vaga direta na Libertadores de 2020, o Grêmio também precisa definir a permanência de Renato Gaúcho para o próximo ano. Mas o treinador, em entrevista coletiva, garantiu que as conversas ainda são muito incipientes e “nem começaram” a negociar. Por outro lado, também disse que podem resolver “rapidinho” a renovação por mais um ano.

Tanto Grêmio quanto Renato estão com pensamentos alinhados para a próxima temporada. Conforme apurado pelo GloboEsporte.com, o treinador não vê um cenário favorável para trocar de clube no momento com todas as condições que têm de brigar por títulos. O ídolo gremista, porém, negou que exista acerto até o momento.

– Quando eu renovar ou não, vocês vão saber. Desde já falo, nem comecei a conversar. Porque o mais importante é o G-4. É a coisa mais importante que temos em vista, colocarmos o Grêmio na Libertadores direta no ano que vem. Pode ser algo simples, conversa rápida com a diretoria, sem problema algum, meu procurador. E resolvemos rapidinho – destacou Renato.

Renato Gaúcho, técnico do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

O comandante também respondeu sobre a reunião feita com o presidente Romildo Bolzan durante todo o treinamento desta quinta. Ambos deixaram o campo juntos e foram para o interior do CT Luiz Carvalho para continuar o papo. Mas ele negou que estivessem tratando dos termos para a renovação de contrato.

– Sempre converso com o presidente, quando ele aparece, a gente sempre faz isso, assistimos ao treino e conversamos. Depois tomamos um café aqui dentro. Trocamos algumas ideias como sempre fazemos. Tenho livre acesso ao presidente, sempre procuramos conversar para melhorar o clube. Não foi tanto assim. Se fosse reservada, importante, não teríamos nos encontrado no campo, seria dentro. E ninguém nos veria. É uma conversa diária – completou.

Renato tem contrato até o final desta temporada, mas deve permanecer mais um ano no Tricolor. Ele está desde setembro de 2016 no clube e é o treinador mais longevo de um time da Série A no futebol brasileiro. Nesse período, conquistou Copa do Brasil (2016), Libertadores (2017), Recopa Sul-Americana (2018) e dois Campeonatos Gaúchos (2018 e 2019).



Veja também