Para Renato Portaluppi, a vitória do Grêmio por 2 a 0 contra o Cuiabá nesta quarta-feira, na Arena, foi suficiente para o time avançar às semifinais da Copa do Brasil. Ainda que o Tricolor esteja embalado há 11 jogos invicto, o técnico crê que ainda é cedo para pensar no título da competição.

A atuação “para o gasto” que Renato analisou se dá por conta do placar construído ainda no primeiro tempo, com duas assistências de Pepê para os gols de Diego Souza. Em entrevista coletiva após o jogo, o técnico reconheceu que o Grêmio diminuiu o ritmo por ter vencido o jogo de ida por 2 a 1.

— A equipe se apresentou bem, esteve segura o tempo todo, não deu chances ao adversário. Entramos determinados a conquistar a vitória no primeiro tempo. No segundo tempo, a equipe se dosou um pouco. Procurei até poupar alguns jogadores. O importante foi o total, deu para o gasto, principalmente no primeiro tempo, uma grande exibição — avaliou.

Oito vitórias consecutivas, 11 jogos de invencibilidade, segunda vez consecutiva na semifinal da Copa do Brasil… Nenhuma dessas estatísticas do Grêmio faz o técnico pensar em título. Para ele, o importante foi a conquista da vaga. Muito cedo ainda para falar de título, falta muita coisa. O mais importante é que o grupo conseguiu a classificação, era nosso objetivo. Carimbamos mais uma semifinal de Copa do Brasil.— Renato Portaluppi

Renato em Grêmio x Cuiabá — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Renato em Grêmio x Cuiabá — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

O Grêmio espera o vencedor do duelo entre Flamengo e São Paulo, que se enfrentam às 21h30 desta quarta-feira, no Morumbi. Sem escolher adversário, Renato alerta das dificuldades que o Tricolor terá.

— O São Paulo tem um grande plantel, é um time forte. Lógico que o Flamengo gastou mais, a cobrança é maior. Qualquer um que passar, o Grêmio terá bastante dificuldade. Não tem jogo fácil, seja para times da primeira ou segunda divisão — concluiu.

O elenco gremista se reapresenta na tarde de quinta-feira, no CT Luiz Carvalho. O próximo compromisso do Tricolor será no domingo, às 20h30, contra o Corinthians, pela 22ª rodada do Brasileirão, na Neo Química Arena.



Veja também