Renato destaca mudança de atitude do Grêmio em goleada

Treinador afirmou que time fez a melhor atuação do ano diante do Juventude

25 de março de 2017 - Às 23:45
Foto: Lucas Uebel

O técnico Renato Portaluppi avaliou que a mudança de atitude foi determinante para o Grêmio recuperar o bom futebol e golear o Juventude por 4 a 0 na noite deste sábado na Arena. O treinador afirmou que os atletas tiveram uma grande entrega tática na partida e disse que o time fez a sua melhor atuação na temporada.

“Os jogadores tiveram um pouco mais de atitude hoje, conseguimos uma belíssima vitória, foi a primeira goleada do Grêmio no ano. O que me deixou mais satisfeito foi a entrega da equipe na parte tática. Praticamente tudo que foi falado no vestiário foi cumprido pelos jogadores dentro de campo”, disse Renato, que ainda elogiou a objetividade da equipe na partida.

“Pedi para os jogadores terem objetividade e isso eles cumpriram, principalmente no primeiro tempo. No segundo, eu falei para eles voltarem com o mesmo ritmo. Eles fizeram isso e marcaram mais um gol. Depois, eu aproveitei para fazer as mudanças e descansar alguns jogadores”, declarou

Renato ainda comentou a mudança que fez na equipe com a entrada de Edílson e a colocação de Léo Moura no meio-campo. Ele afirmou que precisava acomodar os dois jogadores no time em razão do bom momento de Léo Moura e o fato de ter uma “dívida” com Edílson por conta do desempenho no ano passado.

“No futebol você precisa procurar sempre colocar em campo os jogadores que estão se destacando. Você precisa achar um lugar no campo e foi o caso do Léo. O Léo e o Ramiro vinham muito bem e o Edílson tinha que voltar até pelo merecimento. Ele foi muito importante na conquista da Copa do Brasil e eu costumo ser muito grato ao jogador que ajuda em um título. Coloquei o Léo mais à frente, onde ele já jogou e foi bem”, afirmou.

Treinador minimiza concentração antecipada

Os jogadores do Grêmio concentraram um dia antes do habitual para a partida contra o Juventude. Desde quinta-feira, o grupo estava no hotel se preparando para o jogo. Renato, porém, voltou a dizer que isso ocorreu apenas para eles se alimentarem melhor e negou qualquer problema de comportamento extracampo.

“A concentração partiu até dos próprios jogadores. Eles vieram conversar comigo, não teve nada de castigo. Foi importante nessa hora e mais vezes vai ocorrer. A rodada toda acaba amanhã, só o Grêmio jogou sábado. Nós tivemos um dia a menos que todo mundo. É muito importante o jogador dormir e se se alimentar bem. Não adianta o jogador dormir 12 horas em casa e não se alimentar direito. Os atletas hoje tiveram mais atitude. Mais importante não foi a concentração e sim que os jogadores tiveram atitude. Eles demonstraram isso ao longo dos 90 minutos”, resumiu.



Veja também