Renato comanda treino fechado e mantém dúvida no Grêmio

Lucas Barrios e Arthur brigam por vaga no time que vai enfrentar o Guaraní nesta quinta

26 de abril de 2017 - Às 19:39
Foto: Lucas Uebel

O Grêmio encerrou sua preparação para enfrentar o Guaraní, do Paraguai, com um treino com portões fechados na Arena na tarde desta quarta-feira. O acesso dos jornalistas à atividade foi liberado apenas nos minutos finais, quando era realizado um rachão. O técnico Renato Portaluppi acompanhou essa parte do trabalho ao lado  do presidente Romildon Bolzan Jr.

Com o treino fechado, Renato mantém a dúvida sobre quem entrará na equipe no lugar de Edílson, lesionado. Com a saída do camisa 2, Léo Moura será recuado para a lateral direita. Abre assim uma vaga no setor ofensivo. Lucas Barrios e o garoto Arthur são os mais cotados para entrar no time.

Com um centroavante e um volante brigando pela mesma vaga, a escolha de Renato também irá afetar o posicionamento de outros jogadores. Se Lucas Barrios for o escolhido, Luan deverá ser recuado para atuar na linha de meias, ao lado de Bolaños e Pedro Rocha. Se a opção for Arthur, Ramiro será adiantado para a função que vinha sendo exercida por Léo Moura.

Grêmio e Guaraní se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h45min, pelo Grupo 8 da Libertadores. Os dois times dividem a liderança da chave, com sete pontos. O Tricolor leva vantagem no saldo de gols. Em terceiro aparece o Deportes Iquique, com seis. O Zamora, que ainda não pontuou, não tem mais chances de classificação para as oitavas de final.



Veja também