Lucas Uebel / Grêmio

Grêmio iniciou a semana de treinamentos com atividades físicas. Depois de 119 dias no Rio de Janeiro em isolamento social, Renato Portaluppi voltou a Porto Alegre e orientou os trabalhos nesta segunda-feira (13). Fora de campo, o departamento médico realizou mais uma bateria de testes de covid-19. O técnico não tem coronavírus, mas dois jogadores sim.

A volta do treinador aos campos do CT Luiz Carvalho ocorre no primeiro dia de treinos coletivos autorizados por governo estadual e prefeitura de Porto Alegre. Não foi realizada, porém, simulação de jogo, apenas atividade voltada ao condicionamento físico.

Diferentemente do que vinha ocorrendo desde o começo de maio, jogadores não precisaram treinar em horários diferentes. A permissão era aguardada pelo departamento de futebol por dar a possibilidade de preparar o grupo com situações mais parecidas às de jogo.

Renato e o grupo terão nove dias até a volta do Gauchão, marcada para o dia 23, com Gre-Nal no Beira-Rio, pela quarta rodada da segunda fase. Os dois jogadores gremistas contaminados pelo coronavírus permanecerão em isolamento por pelo menos 14 dias e são os primeiros desfalques para o clássico.



Veja também