Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O empate com o Avaí na noite deste domingo, na Ressacada, apresentou uma atuação ruim do time misto do Grêmio na segunda rodada do Campeonato Brasileiro. E nem o técnico Renato Gaúcho tentou esconder isso. O comandante gremista admitiu o rendimento abaixo, mas também citou um “gosto amargo” por ter o resultado na mão até os 40 minutos do segundo tempo.

Renato explicou o empate cedido no fim da partida pela falta de experiência da equipe. O treinador queria que o time trocasse a bola no campo ofensivo e não recuasse a ponto do Avaí ocupar o campo gremista.

– Deixamos de aproveitar uma ou outra oportunidade. E por uma infelicidade tomamos o gol. Infelizmente, saímos com gostinho amargo daqui. Um pouquinho mais de experiência de segurar a bola na frente, tenho certeza que a gente iria conseguir o resultado – comentou Renato.

O Grêmio entrou em campo com apenas quatro titulares: Paulo Victor, Geromel, Leonardo e Matheus Henrique. O time não se encontrou em campo e pouco criou. Saiu na frente em cobrança de escanteio de Montoya para Rômulo, mas não soube manter o resultado até o final da partida.

– Lógico que sempre jogamos para ganhar, não deixa de ser um bom resultado. Mas tecnicamente o jogo não foi bom, um primeiro tempo ruim, no segundo melhorou pouco, um jogo bastante brigado, bastante faltas, fica aquele gostinho amargo. Mesmo com o jogo ruim, a gente estava vencendo – apontou o treinador.

O elenco gremista volta de Florianópolis na manhã desta quinta-feira e vai direto para um treinamento no CT Luiz Carvalho. O próximo compromisso será no domingo, às 19h, na Arena, contra o Fluminense.



Veja também