Ao pisar em uma Arena vazia, memórias certamente não faltarão para Alisson. O meia-atacante vai completar 300 jogos na carreira no duelo do Grêmio com a Universidad Católica, às 19h15 desta terça-feira, pela Libertadores. O camisa 23 se ajusta ao protagonismo em sua terceira temporada no clube.

No Grêmio, Alisson completa seu 127º jogo. São 18 gols marcados e 21 assistências dadas no período, conforme números da assessoria de imprensa do atleta.

Pelo Cruzeiro, foram 165 partidas com 22 gols e 22 assistências, e mais oito jogos pelo Vasco, com dois gols marcados.

Os números de Alisson

  • 299 jogos (Cruzeiro, Vasco e Grêmio)
  • 42 gols
  • 43 assistências
Alisson é peça-chave no esquema de Renato no Grêmio — Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Alisson é peça-chave no esquema de Renato no Grêmio — Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Alisson vinha de uma sequência de 16 partidas consecutivas até ganhar descanso e ser preservado contra o Atlético-MG. Nos últimos cinco jogos, dos cinco gols marcados pelo Tricolor, fez um e deu assistência para outro.

No currículo, guarda participações marcantes em momentos decisivos, como o gol da virada contra o Palmeiras, nas quartas da Libertadores de 2019, no Pacaembu. Ou o gol no último minuto da vitória sobre o Estudiantes, nas oitavas de 2018, na Arena.

— Fico feliz de ter marcado alguns gols decisivos. Mas que a gente possa fazer grandes jogos e conquistar as vitórias independentemente se for o Alisson ou outro companheiro a marcar. Estou aqui para ajudar, honrando a camisa do Grêmio da melhor maneira possível — destacou Alisson em entrevista coletiva.

Uma vitória encaminha a classificação do Grêmio às oitavas de final da competição. O Tricolor hoje tem sete pontos e está na segunda colocação por conta do saldo de gols, já que tem a mesma pontuação do Inter.

O clube gaúcho participa da Libertadores de maneira consecutiva desde 2016. E desde então ao menos chega nas oitavas de final, o que pode ser garantido na edição de 2020 em caso de vitória nesta noite sobre a Universidad Católica.

— O Grêmio novamente pode estar nas oitavas de final da Libertadores. É um sonho que tenho, conseguimos chegar a duas semifinais (em 2018 e 2019). Está todo mundo bastante focado e ciente, os 11 que entrarem vão dar o melhor e lutar até o final. É o espírito que estamos traçando — completa.

Com Alisson em campo, Renato ainda aguarda para contar com Geromel e Maicon, embora a expectativa seja pessimista para a dupla. Grêmio e Universidad Católica duelam a partir das 19h15 desta terça-feira, na Arena, pelo Grupo E da Libertadores. O Tricolor é o segundo colocado com os mesmos sete pontos do líder Inter. Os chilenos estão em quarto, com quatro.



Veja também