Eduardo Moura

Prestes a completar três meses fora, Jean Pyerre não conseguirá voltar a jogar ainda em 2019 pelo Grêmio. A recuperação do jogador não evoluiu como esperado e ele só deve ficar novamente à disposição do técnico Renato Gaúcho no início da próxima temporada.

O meia alimentava esperanças de atuar ainda neste ano. No dia 21 de novembro, chegou a treinar com bola, ainda que separado dos demais companheiros. Mas não voltou a campo nos últimos treinamentos, a menos de uma semana para o final da temporada.

O Grêmio encara o Cruzeiro nesta quinta-feira, na Arena, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Depois, os titulares – se não todos, ao menos a maioria – serão liberados para férias antecipadas, e os reservas se despedem da temporada contra o Goiás, fora de casa, no domingo.

Jean Pyerre sentiu a coxa direita em um treinamento no dia 20 de setembro. Em um primeiro momento, existia a previsão de retorno em até 15 dias, que não se confirmou pela gravidade da lesão. De acordo com o departamento médico do Grêmio, o músculo do jogador “abriu” 19 centímetros.

A última partida do jogador ocorreu no dia 15 de setembro, quando marcou um dos três gols do Grêmio na vitória sobre o Goiás. O meia assumiu a titularidade a partir do dia 10 de abril, na vitória por 3 a 1 sobre o Rosario Central, pela fase de grupos da Libertadores. Na ocasião, marcou um gol e deu uma assistência. Na temporada, são 36 jogos disputados e seis gols marcados.



Veja também