Embora o retrospecto recente em Gre-Nais seja muito positivo para o Grêmio, cada clássico compõe uma nova história. Tratando-se de um duelo que pode definir o futuro dos clubes na Libertadores, a partida desta quarta-feira (23) ganha ingredientes que geram ainda mais expectativa no torcedor. Saiba o que o estará em jogo para o Tricolor nesta partida, que é válida pela quarta rodada da fase de grupos.

Vitória

Vencer na casa do maior rival não é uma novidade para os atletas gremistas. No primeiro confronto deste ano, ainda pelo Gauchão, os comandados de Renato Portaluppi já experimentaram este “gostinho”. Desta vez, porém, a vitória faria a invencibilidade em clássicos chegar a 10 jogos e, ao mesmo tempo, transformaria o ambiente do vestiário, que vem sofrendo críticas da imprensa e torcida por conta das últimas atuações.

Para efeitos de tabela, o resultado seria importantíssimo, já que o Grêmio alcançaria os mesmos sete pontos do Inter, dividindo a liderança do Grupo E. Assim, a diferença entre os dois estaria no saldo de gols (atualmente os colorados estão em vantagem de quatro gols). Porém, faltando duas rodadas, o time ainda poderia chegar ao topo da tabela.

Empate

O lado positivo do empate é que faria o clube alcançar os 10 jogos de invencibilidade em clássicos. Porém, faria o time chegar a cinco pontos na tabela, correndo o risco de perder o segundo lugar da chave.

Caso o placar fique igualado, o Tricolor poderia ser ultrapassado pelo vencedor do confronto da Colômbia, que ocorre no mesmo horário. Hoje, América de Cali Universidad Católica têm os mesmos três pontos. Entretanto, com as duas últimas rodadas em casa, os comandados de Renato ainda teriam tempo de engatar uma campanha de reabilitação.

Derrota

O Grêmio não pode nem pensar em perder o jogo. Além de dar fim à série invicta em Gre-Nais, o tropeço aumentaria o tom das críticas que Renato já sofre. Ao mesmo tempo, os torcedores estariam vendo o arquirrival encaminhar uma classificação às oitavas de final.

A vaga gremista não estaria totalmente comprometida, já que restariam ainda dois jogos, na Arena, para se recuperar. A questão é que, no Brasileirão, o Tricolor não tem conseguido se impor como mandante. Até agora, o time somou apenas seis dos 15 pontos disputados em Porto Alegre pelo campeonato nacional.

 



Veja também