Foto: Eduardo Moura

Apesar de ter a final da Libertadores no horizonte, o Grêmio não tira o pé no Brasileirão. Enquanto tiver todos os atletas 100%, Renato Gaúcho irá escalar o time titular na competição antes do confronto com o Lanús, dia 22, pela final da competição continental. Até lá, são mais quatro jogos para tentar garantir a vaga direta no torneio em 2018, ganhar uma premiação mais alta e, principalmente, chegar com confiança alta para a decisão.

Este último ponto é uma novidade no discurso dos gremistas. Depois do Flamengo, o Grêmio enfrenta Ponte Preta, Vitória, São Paulo e Santos pelo Brasileirão. Até agora, só há projeção de reservas na última partida antes da final. O técnico Renato conversa com os jogadores e os orienta a registrarem qualquer incômodo ou desconforto para evitar problemas para a final.

– É importante a gente chegar no momento da decisão com a confiança muito alta, vencer partidas, manter um momento bom, evoluir como equipe no nosso jogo. Temos detalhes a melhorar sempre, as partidas nos dão essa possibilidade de recuperar jogadores que sofrem com dores. Vai ser importante para chegar no dia 22 100%, tanto tecnicamente, mentalmente e fisicamente – comentou Ramiro.

A questão financeira já foi citada antes – o segundo colocado ganha R$ 11 milhões, o 3º, R$ 7 milhões, e o 4º, R$ 5 milhões. A vaga no G-4 para estar na fase de grupos diretamente na Libertadores do próximo ano também. Mas manter o bom momento passa a ser, talvez, o principal ponto antes da final. Ter o time com bom desempenho e competitivo.

– Vale querer vencer, nosso intuito por representar a camisa de um grande clube é somar os três pontos, gostar de estar ganhando partidas, ainda mais contra grandes adversários. Sabemos que não temos título garantido, uma vaga pelo Brasileiro é importante, temos que brigar por isso. A parte financeira para o clube também é importante. Temos que encarar com muito respeito, nos dedicar ao máximo em função destes objetivos – completou o meio-campista.

O Grêmio deve ter força máxima contra a Ponte Preta, mas ainda sem Cortez e Barrios, com problemas físicos – ambos correram no treino da tarde desta segunda. Após o trabalho da manhã desta terça, o elenco viaja à tarde para Campinas.



Veja também