Ramiro fura retranca do Passo Fundo e Grêmio volta a vencer

Tricolor teve maior posse de bola e melhores chances durante toda a partida

12 de fevereiro de 2017 - Às 18:55
Foto: Reprodução

O Grêmio recebeu o Passo Fundo na tarde deste domingo pela 3ª rodada do Gauchão e venceu por 1 a 0 graças a gol de Ramiro. O Tricolor foi melhor durante toda a partida mas não conseguiu fazer no placar a superioridade que teve em campo. O Tricolor chega a segunda vitória e se recupera após as derrotas seguidas para Caxias e Flamengo.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Rafael Thyere e Marcelo Oliveira; Jailson, Maicon, Ramiro, Bolaños e Everton; Luan.

PRIMEIRO TEMPO
O time do Passo Fundo iniciou a partida pressionando a saída de bola do Grêmio que tinha dificuldades para chegar no setor ofensivo. No entanto, o Tricolor tinha o controle da partida mas acabava ficando na boa defesa do Passo Fundo.

A primeira boa chance Tricolor veio aos 17 minutos quando Bolaños serviu Everton na área mas o atacante bateu por cima do gol de Fernando Júnior. O Tricolor teve quase 80% de posse de bola, mas não conseguia penetrar na defesa adversária.

Quando tudo parecia se encaminhar para o intervalo com empate, aos 46 minutos, Everton lançou bola para dentro da área e Ramiro improvisou um toque para conseguir vencer o goleiro e abrir o placar para o Tricolor.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa complementar, mesmo perdendo, o time do Passo Fundo permanecia se defendendo enquanto o Grêmio tentava achar espaços na defesa do adversário. O técnico Renato colocou Fernandinho em campo para dar mais velocidade à equipe.

O Tricolor teve boa chance aos 20 minutos quando Bolaños ganhou dividida na linha de fundo e chutou cruzado, o goleiro espalmou e na sequência a zaga afastou. Quatro minutos depois, Bolaños fez grande jogada individual e serviu Fernandinho que driblou mais dois mas chutou para fora, perdendo uma chance incrível.

Aos 27, Renato colocou Jael no lugar de Luan e aos 31, Maxi Rodríguez no lugar de Jailson. O panorama da partida não mudou. O Tricolor sempre esteve mais próximo de ampliar do que de sofrer o empate. O jogo teve bastante faltas na parte final e o Tricolor assegurou o resultado.



Veja também