Ramiro diz que árbitro mentiu em relato da súmula sobre expulsão

Jogador foi expulso aos 33 minutos do primeiro tempo após reclamar de falta não marcada

13 de junho de 2016 - Às 18:37
Foto: Edgard Maciel de Sá
Foto: Edgard Maciel de Sá

A polêmica sobre a expulsão de Ramiro no primeiro tempo diante do Fluminense segue após a partida. O árbitro relatou em súmula o ocorrido e o volante Gremista comentou na tarde desta segunda-feira, o que realmente ocorreu, dizendo que o árbitro mentiu em seu relato na súmula:

– Estou tão surpreso quanto vocês. É uma situação que vivi pela primeira vez na carreira. Na adrenalina do jogo, é difícil se referir com palavras bonitas. Discordo da atitude dele. Chega a ser engraçado. Nunca em uma partida de futebol a gente vai se referir ao árbitro dizendo que ele está roubando. Jamais faria isso. Não teria nem como falar aquela quantidade de palavras. Ele mentiu. Não falei aquelas palavras que ele colocou na súmula. Falei um palavrão e fiz um gesto com o braço que pode ter influenciado na decisão dele – declarou Ramiro.

A situação gerou tanta revolta por parte dos jogadores pois é uma situação normal de jogo. O capitão Maicon disse na saída de campo que xingamentos fazem parte do jogo e até mesmo os árbitros utilizam disso.

O volante Ramiro criticou que os árbitros nunca se expõem após os erros, ao contrário dos jogadores:

– Todos somos seres humanos, temos direito de errar. Só que a arbitragem nunca erra. Muitas vezes, eles erram no primeiro tempo e vêm pedir desculpa no segundo. Mas, na maioria das vezes, nunca fazem. Às vezes, sabem que estão errados e não querem confirmar para sustentar a versão deles. Fico triste porque ele coloca o que quer na súmula, e é mentira, e quem tem que vir se explicar é o jogador. Árbitro nunca fala – emendou Ramiro.

A súmula da partida:

Súmula de Fluminense x Grêmio  (Foto: Reprodução)



Veja também