Foto: Lucas Uebel

Esperar um Grêmio similar ao de 2016, campeão da Copa do Brasil, na atual temporada é um erro, na avaliação do volante Ramiro. Ele destacou que, desde o retorno das férias, o time sofreu muitas transformações e ainda busca uma melhor forma com essas mudanças. “O grupo se modificou em mais de 50%”, avaliou.

“A gente, jogadores e torcida, peca por esperar os mesmos resultados do final do ano passado”, argumentou Ramiro. “Perdemos nomes e hoje em dia o futebol é muito tático, requer tempo”, definiu.

O volante salientou, especificamente, os problemas ofensivos para a recente falta de vitórias. “Criamos oportunidades, mas não estamos convertendo em gols. É nisso que estamos pecando e por isso não vencemos as partidas”, frisou.

Ele projetou para o confronto com o Novo Hamburgo na quarta-feira, entretanto, a retomada das vitórias, com incentivo da disputa pelo primeiro lugar. “Vai ser um grande jogo. É um adversário direto na briga pela liderança.”



Veja também