Rafael Thyere comemora nova chance e espera recuperação do Grêmio em casa

Zagueiro substitui Kannemann, suspenso, contra a Ponte Preta

15 de julho de 2017 - Às 18:14
Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação CP

Titular do Grêmio para o jogo contra Ponte Preta neste domingo, em razão da suspensão de Walter Kannemann, Rafael Thyere comemorou a nova oportunidade dada pelo técnico Renato Portaluppi. Em entrevista coletiva após o treinamento desde sábado, o defensor destacou que o Tricolor precisa de recuperação na Arena após duas derrotas como mandante.

“A minha última atuação foi contra o Coritiba ao lado do Geromel. É maravilhoso jogar aqui tanto ao lado dele quanto do Kannemann. Acredito que o grupo que vem agora nesta crescente e jogar ao lado de todo pessoal faz muita diferença. O time está todo entrosado e é isso que eu vou buscar”, disse o zagueiro que admitiu a necessidade de recuperação em casa.

“Acredito que contra o Avaí foi um grande jogo e o goleiro fez uma atuação fora de série, pegou todas as bolas possíveis. A gente tem que levar em consideração nossa atuação, que foi boa.

Temos de conseguir fazer gols para que a gente possa fazer bons resultados dentro de casa, seja contra a Ponte Preta ou qualquer outro adversário”, projetou.

Dez pontos atrás do Corinthians, o Grêmio ainda almeja disputar o título brasileiro. Thyere ressaltou que, por isso, o time precisa de uma sequência de vitórias para tentar uma aproximação ao líder.

“A gente não tem como prever quando o Corinthians vai tropeçar, mas quando acontecer a gente vai estar preparado. Estamos sempre buscando vitórias e quando isso acontecer (tropeço do Corinthians) a gente possa diminuir essa distância. É difícil ver um time com tantas vitórias. No momento que a gente estava em uma crescente, aconteceu um tropeço e depois outro. Acredito que isso venha acontecer no Corinthians”, analisou.

O provável time do Grêmio para enfrentar a Ponte Preta com os retornos de Marcelo Grohe e Pedro Rocha e Rafael Thyere no lugar de Kannemann tem: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Lucas Barrios.



Veja também