Em 2020, o jogador de criação no esquema do Grêmio ainda não se adonou da posição. Patrick e Thaciano já ganharam chance entre os titulares, mas convivem com a sombra de Thiago Neves. O trio disputa a vaga no meio-campo para o duelo com o Aimoré, no domingo, às 16h, no Cristo Rei, pela última rodada da fase de grupos do primeiro turno do Gauchão.

No futuro, Thiago Neves deve se firmar como a principal opção para o setor ao lado de Jean Pyerre, atualmente machucado. Embora possa começar como titular no domingo, o planejamento é de colocá-lo aos poucos no time. Contra o Esportivo, fez os primeiros 20 minutos com a camisa tricolor.

Depois da estreia, o próprio meia admitiu que ainda está abaixo dos companheiros, tanto fisicamente quanto pelo conhecimento prévio do time. Prefere entrar no segundo tempo para observar os movimentos dos companheiros e buscar entrosamento.

Experiente e finalizador, Thiago Neves dá maior capacidade de acabamento ao setor. Ainda conta com a capacidade de atuar em espaço curto, próximo da área dos rivais.

– Thiago Neves, mesmo fora de ritmo, quando pega na bola dá para ver a qualidade que tem – comentou Renato Gaúcho na última segunda-feira.

Durante a semana, o meia atuou por 70 minutos em jogo-treino contra o Cruzeiro-RS no CT Luiz Carvalho e anotou dois gols, ambos aproveitando cruzamento do lateral Guilherme Guedes, um deles de cabeça. Também deu assistência para Diego Souza marcar o dele.

Sem convencer

A possibilidade da chance aparecer para Thiago Neves já no domingo tem relação justamente com os concorrentes. Patrick foi titular em quatro jogos consecutivos, mas não conseguiu manter uma regularidade de nível alto.

Durante a semana, o jovem ficou um período fora dos treinamentos com bola para atividades físicas específicas. Inclusive fez alguns exercícios ao lado de Jean Pyerre, o virtual titular da vaga quando estiver recuperado totalmente da lesão muscular na coxa direita.

Thaciano, Thiago Neves e Patrick em treino — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Thaciano, Thiago Neves e Patrick em treino — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Como foi titular nas primeiras três rodadas do Gauchão e sacado na última segunda, contra o Esportivo, Patrick corre por fora na disputa. Como meia central, dá ao time capacidade de jogada individual e também aproximação entre os setores com maior movimentação.

Mais intensidade

Já Thaciano andou na fila diante do Esportivo e pode estar nos 11 iniciais deste domingo. Deu assistência para Everton anotar o primeiro gol dos 5 a 0. No entanto, não tem exatamente a mesma característica dos companheiros de função. É mais físico e de intensidade do que um pensador.

Além disso, tem a capacidade de marcar mais que os dois concorrentes. Consegue dar mais dinâmica para ajudar Lucas Silva e Maicon na linha anterior de meio-campo.

Renato terá mais o treino fechado da manhã deste sábado para trabalhar a sua escolha. O Tricolor busca a vitória sobre o Aimoré e precisa também que o Caxias não vença o Esportivo para ser o líder do Grupo B. Se permanecer em segundo, é possível que a semifinal do primeiro turno do Gauchão tenha Gre-Nal.



Veja também