O Grêmio vive mais um problema por conta do surto de Covid-19. Após o título gaúcho, o clube confirmou quatro jogadores com resultado positivo para a doença: o lateral Rafinha e os atacantes Ferreira, Diego Souza e Luiz Fernando.

A manifestação oficial do clube ocorreu nesta tarde, mas o ge já tinha apurado os casos positivos. O preparador de goleiros Mauri Lima também testou positivo e está afastado das atividades.

Assim, o quinteto fica afastado das atividades por 10 dias, conforme prevê o protocolo do Campeonato Brasileiro. Luiz Fernando estava em recuperação de lesão no tornozelo esquerdo, embora tenha sido relacionado para o Gre-Nal da final do Gauchão.

Rafinha, Diego Souza e Ferreira em vitória do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Rafinha, Diego Souza e Ferreira em vitória do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O caso mais recente da equipe foi o atacante Léo Chú, que testou positivo para a doença no final de abril. No início do mesmo mês, o Grêmio viveu um problema com casos consecutivos. Na ocasião, entre funcionários e membros da comissão técnica, nove pessoas tiveram a doença confirmada.

Em uma sequência, o zagueiro Paulo Miranda, o preparador físico Reverson Pimentel, o ex-técnico Renato Portaluppi, o goleiro Paulo Victor, os laterais Vanderson e Victor Ferraz, os zagueiros Emanuel e David Braz e o lateral Diogo Barbosa foram infectados pelo coronavírus.

Mas houve mais casos de funcionários do dia a dia do CT Luiz Carvalho e também no departamento de futebol, embora não confirmados pelo clube de maneira oficial.



Veja também