Qualidade do grupo faz time ter mais concentração, revela Everton

Atacante crê que tem características parecidas com as de Fernandinho

16 de novembro de 2017 - Às 16:13
Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Depois de garantir uma vaga para a pré-Libertadores 2018 no Brasileirão, o Grêmio volta o foco para a primeira partida da decisão contra o Lanús, na próxima quarta-feira, às 21h45min, na Arena. Uma das principais “disputas por vagas” na equipe vem sendo travada durante toda a temporada entre Everton e Fernandinho. A concorrência é comemorada pelos gremistas, que ainda apontam ela como um dos motivos pelo bom momento do time dentro de campo.

“Briga sadia. A cada jogo que passa provamos que a qualidade do nosso grupo é muito grande e isso faz a gente ter mais concentração nos jogos. Pela briga por posição, procuramos acertar sempre. Todos os jogadores tendem a crescer com isso”, afirmou Everton.

O atacante atuou em nove partidas na Libertadores com média de 22 minutos por jogo e não marcou nenhum gol. Fato que também marcou Fernandinho, que esteve em campo em 11 oportunidades, iniciando em cinco delas e com 47 minutos em média.

No Brasileirão, Everton esteve em campo em 32 jogos, iniciando 14, ficando em campo 49 minutos, em média e marcou oito gols. Fernandinho atuou em 28, iniciando 21 vezes, com 71 minutos em média e marcou nove gols.

“Somos jogadores de características parecidas. Ambos têm a velocidade. O Fernandinho tem um pouco mais de força, mas não muita. Acho que, qualquer um que o professor optar, não muda muito”, afirmou Everton.

Após vencer o São Paulo, por 1 a 0, na Arena, na última quarta-feira, com os titulares, o Grêmio inicia a preparação para o jogo contra o Santos, na Vila Belmiro, no domingo, às 19h. O time será formado por reservas e comandado por um auxiliar de Renato Portaluppi, que ficará em Porto Alegre para treinar o elenco principal para a decisão contra o Lanús.



Veja também