Primeiro Gre-Nal da Arena termina no empate: 1 a 1

4 de agosto de 2013 - Às 20:59
Foto: Lucas Uebel

O Gre-Nal 397 foi disputado na Arena, na tarde deste domingo. Foi o primeiro clássico no novo estádio Tricolor e ninguém levou a melhor. O empate de 1 a 1 frustrou o Tricolor que mesmo com apoio de mais de 40 mil torcedores, não conseguiu a vitória e segue no meio da tabela.

O técnico Renato Portaluppi surpreendeu ao escalar o time do Grêmio no esquema 3-5-2.
E a partida já iniciou em ritmo acelerado, com as duas equipes pressionando a saída de bola e buscando o ataque. O Grêmio pressionou mais no início, e aos 17 minutos, Kléber foi derrubado na área. Pênalti que Barcos cobrou e empatou.
Porém, três minutos depois, Willians fez bonita jogada individual e cruzou rasteiro para dentro da área. Leandro Damião chegou escorando para o fundo do gol.
A partida continuou movimentada, com as duas equipes atacando. Cruzamentos na área e chutes de fora da área, porém, nenhuma chance clara de gol era criada. Aos 41, Kléber tocou de cabeça após cruzamento de Alex Telles, e Muriel fez a defesa.
A etapa final começou da mesma forma, o Grêmio tentando mais o ataque, tendo inclusive, o dobro de finalizações na partida.
Aos 11 minutos, Ramiro cruzou e Elano subiu livre, porém cabeceou errado e perdeu ótima chance.
A etapa final estava se mostrando de muitas faltas e de pouca criação de  jogadas. Com tantas paralisações na partida devido as faltas, ocorreu o que em todo Gre-Nal acontece: confusão.
Aos 31, Barcos foi derrubado por Jorge Henrique na entrada da área, e o árbitro expulsou o jogador colorado, que causou revolta dos demais jogadores. Após minutos de paralisação, a partida voltou e o Grêmio não aproveitou a cobrança de falta.
O jogo se encaminhou ao final, com posse de bola do Grêmio, porém cruzamentos e tentativas que não causaram perigo ao adversário.
Nos acréscimos, Fabrício do Inter e Werley do Grêmio, foram expulsos.

Na Arena:
Público pagante: 37.434 torcedores
Público total: 40.054 torcedores
Renda: R$ 1.926.65,00

Melhores momentos:



Veja também