Foto: Eduardo Moura

Enquanto o zagueiro Walter Kannemann foi bem contundente ao comentar as demissões do Grêmio, o presidente Romildo Bolzan Júnior minimizou as críticas feitas às escolhas da diretoria. O dirigente comentou as declarações do jogador, disse que esse é o seu perfil, semelhante ao dentro de campo, mas reiterou que foi uma escolha de gestão.

O presidente gremista concedeu entrevista ao Sala de Redação, programa da Rádio Gaúcha, e disse entender o posicionamento do zagueiro. Mas também não quis ampliar o assunto.

— Quando tu tem um ser humano que tem essa característica, sanguíneo e de franqueza, e de lealdade ao que pensa, muitas vezes ele nem diz tudo o que pensa. Diz o que pensa, mas não disse onde, exatamente, ele queria chegar. Compreendendo tudo isso, está dito. E o que que eu vou fazer? O processo que o Grêmio tomou, está tomado. É um processo de gestão — apontou.

Conheço sua forma de atuar, sua forma de pensar, de agir, de debater os assuntos. A forma que ele se manifestou hoje é exatamente ele. É ele fora do campo e é ele dentro do campo (Romildo)

Romildo comenta declarações de Kannemann — Foto: Eduardo Moura

Romildo comenta declarações de Kannemann — Foto: Eduardo Moura

Foram sete demissões na comissão técnica gremista. Saíram o preparador físico Rogério Dias, o preparador de goleiros Rogério Godoy, o fisioterapeuta Henrique Valente, os fisiologistas Rafael Gobbato e José Leandro, a nutricionista Katiuce Borges e o assessor de imprensa João Paulo Fontoura. As mudanças foram justificadas por uma necessidade detectada pela diretoria de trocar peças.

— Cada um faz a sua. O que eu sempre quero é o Kannemann que fala assim e que joga assim, os dois me servem. Quero ele falando, indignado, preocupado, no processo, participando, quero no campo exatamente indignado, buscando a bola, fazendo gol, avançando, dando aquelas arrancadas. Pra mim, tudo isso me serve. Desde que as coisas andem com lealdade e franqueza — comentou Romildo.

Depois da saída de sete funcionários, o Grêmio contratou o preparador de goleiros Mauri Lima, o preparador físico Márcio Meira, o nutricionista Guilherme Oliveira e o fisiologista Marco Aurélio Melo.



Veja também