Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O presidente Romildo Bolzan Júnior se pronunciou sobre as mudanças de rumo no futebol do Grêmio. Em manifestação enviada ao ge, o mandatário explicou que existia uma “margem de erro” pequena com Vagner Mancini e que espera “reeditar 2015” com a chegada de Roger Machado.

Embora tenha exaltado a “grande pré-temporada” e feito referência ao diagnóstico positivo com relação ao trabalho de Mancini dentro de campo, o dirigente não conseguiu verificar no contexto do clube uma unidade com a torcida.

O ambiente positivo, na opinião do dirigente, será fundamental para que o clube consiga cumprir os seus objetivos e reverter a desconfiança da torcida. Com Mancini, entretanto, o clima era desfavorável e de forte pressão externa.

– Saída do Mancini foi uma situação nitidamente de falta de margem de erro. Foi feita uma grande pré-temporada, bem trabalhada. Os resultados do campo, mesmo sendo apenas quatro partidas, não foram necessariamente o melhor em desempenho. Esse ambiente que gera uma certa desconfiança pressiona demais de fora para dentro. Nós não podemos ter neste ano uma situação de pressão, de ambiente complicado, de cobrança que não seja de alegria da torcida para com o time, ou seja, uma absoluta conversão de própositos – explicou Romildo.

Lamentavelmente não estávamos conseguindo verificar todo este resultado, portanto se optou por fazer essa mudança. Mas se ressalte que tínhamos um diagnóstico bom do que o Mancini executava. Essa margem tão pequena de tolerância que havia no ambiente geral acaba gerando esse tipo de sacrifício.— Romildo Bolzan

O Grêmio levou cinco horas para anunciar a contratação do técnico Roger Machado, que não titubeou em aceitar o desafio. O presidente Romildo vê com bons olhos o retorno do treinador, que foi um dos responsáveis pela ruptura do futebol do Grêmio na primeira passagem.

– Roger retorna numa reedição de 2015. Todos nós conhecemos ele. Tem uma profunda identidade com o clube. Foi um treinador que amadureceu bastante. Roger vem na expectativa de nós conseguirmos reeditar 2015 e procurar fazer exatamente o melhor ambiente e organização possível pra encarar o que significa essa temporada – completou o presidente.

O novo técnico gremista assina até o final do ano e chega com os auxiliares Roberto Ribas e James Freitas, o analista Jussan Anjolin e o coordenador de preparação física Paulo Paixão. O grupo dará o primeiro treino nesta terça-feira no CT Luiz Carvalho.



Veja também