O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., indicou a desistência por parte do clube na renovação de contrato com Ferreira e acredita que reforços podem ser anunciados em breve. Esse é o resumo de sua entrevista já em Goiânia para o duelo com o Atlético-GO, no domingo, às 19h, no Estádio Olímpico, pela 8ª rodada do Brasileirão.

O mandatário falou aos canais oficiais do clube na chegada à capital goiana, na tarde deste sábado. O discurso vai de encontro ao que foi noticiado no decorrer da semana passada.

A longa negociação entre Grêmio e Ferreira teve um novo capítulo na última semana, quando o atleta retirou a ação judicial contra o clube. A medida abria caminho para uma reconciliação, com o acordo pela renovação, mas o presidente Romildo vê o contrário.

– Tivemos uma situação de bastante avanço, praticamente de finalização de negócio. Lamentavelmente algumas situações chegaram, geraram expectativa ruim para finalização. Não estamos conseguindo finalizar. Hoje, no momento, estamos praticamente desistindo da renovação de contrato dele. Vamos ver o que acontece pela frente. Praticamente inviabilizado o negócio – disse.

Presidente do Grêmio Romildo Bolzan Jr. — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Presidente do Grêmio Romildo Bolzan Jr. — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Sem Ferreira, o elenco do Grêmio à espera de acréscimos, após algumas saídas. Everton Cebolinha foi para o Benfica. André e Thiago Neves rescindiram seus contratos com o clube. O presidente Romildo tem ciência da situação e crê que reforços possam chegar em breve.

– Dá pra projetar que o Grêmio está muito atento a necessidade de reforços. O Grêmio precisa sim fazer uma situação de equilíbrio no seu plantel. Temos que repor. Algumas (posições) já foram repostas. Mas precisa ainda trabalhar algumas ideias. E o Grêmio possivelmente anunciará, em um curto espaço de tempo, alguns reforços a mais – completou o mandatário.

São 26 jogadores que compõe a delegação em Goiânia. O Grêmio enfrenta o Atlético-GO no domingo, às 19h, no Estádio Olímpico, pela 8ª rodada do Brasileirão. O Tricolor ocupa a 16ª colocação com um jogo a menos.



Veja também