Foto: Mailson Santana / Fluminense FC / Divulgação / CP

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, concedeu entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira no Rio de Janeiro e revelou que o clube carioca desistiu de manter o lateral esquerdo e volante Caio Henrique. Segundo o dirigente, ele tentou junto ao Atlético de Madrid o empréstimo e, na sequência, a compra do atleta, mas não foi possível devido ao interesse do clube espanhol em “um jogador do Grêmio”.

“O atleta e o empresário informaram de maneira bem transparente que o jogador está acertando a transferência para o Grêmio, pois o Atlético de Madrid tem o interesse em um jogador específico e o Grêmio teria dado a opção de compra do jogador em troca do empréstimo do Caio Henrique”, revelou Bittencourt.

O presidente do Fluminense chegou a abrir a opção para fazer um negócio parecido com os espanhóis, mas, novamente, ouviram uma negativa. Bittencourt não sabe quem é o atleta do Grêmio que interessa ao clube europeu, mas crê que ele é Everton.

O jogador de 22 anos também havia recebido uma proposta de 12 milhões de euros para uma transferência interna no continente, mas negou devido ao interesse de retornar ao Brasil e ficar no campo de visão do técnico Tite e da Seleção Brasileira. Caio fez 65 dos 69 jogos do Fluminense em 2019 e marcou dois gols.



Veja também