O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., convocou uma entrevista coletiva virtual na manhã desta quarta-feira, véspera do duelo contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro. O motivo principal? Falar sobre o atual momento do time, com críticas da torcida e da imprensa pela falta de vitórias.

Em uma longa entrevista, o mandatário reconheceu que o time precisa voltar a vencer o mais rápido possível para aliviar a pressão interna e externa, mas respaldou o trabalho do técnico Renato Portaluppi. Romildo afirmou que o treinador tem total “tranquilidade” para trabalhar.

– (O Grêmio) tem pressa na necessidade da vitória. Teremos um embate difícil, não teremos time completo. Mas falta a vitória. Quero dizer, que é importante: o treinador não tem risco de absolutamente nada. Vamos posicionar aqui, surge muita coisa nas redes sociais, não existe isso. Sou presidente do Grêmio no quinto ano, já passei por descomposturas de todas as naturezas, acertamos, erramos, o balanco é positivo. Não é a primeira vez que acontece, que gera uma ambiente de desconfiança, redes sociais, imprensa – afirmou Romildo.

Romildo Bolzan Jr Renato Gaúcho Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Romildo Bolzan Jr Renato Gaúcho Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Renato está prestes a completar quatro anos no comando do Grêmio, em um dos momentos mais turbulentos desde que retornou. Questionado se os resultados recentes eram um sinal de “fim de ciclo” do treinador, Romildo destacou os títulos conquistados no período e manifestou confiança no técnico e no grupo de jogadores para a retomada das vitórias.

– Vamos combinar. O Renato é vitorioso no clube, tem completo domínio do elenco, a confiança da direção, portanto um fim de ciclo com esse grupo, só se efetivamente errarmos todos os diagnósticos. Não acredito nisso. Mas o clube é um clube que renova. Se observarmos que algo preciso de interferência, claro que vamos fazer o debate. Mas não o debate autoritário, do cacique, do ditador. Fizemos em 2015. Se tiver outro diagnóstico a ser feito, será feito – destacou.

Sem vencer a seis rodadas, o Grêmio é o 14º colocado no Brasileirão, com 8 pontos. O Tricolor tenta a recuperação nesta quinta-feira contra o Bahia, às 19h15 (de Brasília), no Pituaçu. Para isso, o time terá de superar os desfalques: sete jogadores estão fora da partida, seis deles considerados titulares.



Veja também