Presidente diz que Grêmio recusou propostas por Geromel

Presidente afirmou que "valores eram muito bons para o jogador, mas muito ruins para o clube"

25 de janeiro de 2017 - Às 06:22
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

O Grêmio recusou as duas propostas trazidas pelo empresário Maickel Portela por Geromel. Após discutir as ofertas na reunião desta segunda-feira do Conselho de Administração, o clube decidiu não aceitar os valores oferecidos pelo zagueiro. Segundo o presidente Romildo Bolzan Jr, os números apresentados pelo empresário, que seriam oferecidos por um clube brasileiro e por um clube do Exterior, não agradaram.

– Os valores eram muito bons para o jogador, mas muito ruins para o clube. Contamos com ele. Geromel é fundamental. É um dos caras mais valorizados do nosso grupo. Não podemos a cada ano mudar os patamares salariais. Temos um grande respeito pela trajetória dele no clube, e seu contrato será honrado – garantiu Romildo.

Romildo citou a entrevista concedida por Geromel, quando o zagueiro pediu que a direção mantivesse a busca por reforços, como um exemplo de que o jogador está inserido no contexto atual do clube.

– O que mais nos interessa é ter ele conosco inteiro. Temos um grande respeito pelo Geromel, ele é uma de nossas lideranças. Achamos que ele está comprometido com isso. Foi uma fala importante, externou democraticamente o seu posicionamento. Estamos na mesma linha, foi um discurso de compromisso com o clube – disse.

Com contrato até o final de 2019, Geromel não terá nenhuma mudança em seu salário após a recusa das propostas. Romildo reforçou que o zagueiro já teve uma importante valorização financeira com a renovação do vínculo do jogador no final de 2015.

Fonte: Rádio Gaúcha



Veja também