Preparador fala em minimizar déficits físicos individuais do Grêmio antes de decisões

Tricolor terá pela frente duelos importantes pela Libertadores e Copa do Brasil

3 de agosto de 2019 - Às 19:46
Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

O Grêmio viverá nos próximos 31 dias momentos decisivos na temporada. Além dos compromissos pelo Brasileirão, o Tricolor terá pela frente as fases decisivas da Libertadores e da Copa do Brasil. No torneio sul-americano, o time de Renato Portaluppi está nas quartas de final, em que enfrentará o Palmeiras. Já na Copa do Brasil, a equipe gaúcha medirá forças com o Athletico-PR, em duelos válidos pelas semifinais. Neste sábado, quem concedeu entrevista coletiva foi o preparador físico Rogério Dias, que comemorou o fato do grupo ter uma “semana aberta” a partir de terça-feira para aprimorar a parte física dos atletas. Na segunda, o Grêmio enfrentará a Chapecoense na Arena. 

“Sempre comemoro a semana a aberta porque conseguimos desenvolver as atividades que nós normalmente não conseguimos em função do desgaste. Neste período realizamos estímulos de força, podemos individualizar os trabalhos e conseguimos atacar os déficits individuais de cada atleta. Há o tempo para recuperação adequada nesta e há o tempo para o estímulo. Esta será a nossa última semana aberta nos próximos 30 dias”, disse Dias.  

Rogério Dias destacou que toda a comissão técnica e os departamentos de fisiologia e médico se reúnem diariamente para discutir quais pontos podem ser solucionados em termos de preparação do grupo. “Damos atenção individual aos atletas e, nesses dias em que estivemos fora, conseguimos trabalhar o equilíbrio muscular, hidratação e controle do sono. Os departamentos formam uma engrenagem, então diariamente fazemos os nossos encontros. Se algum atleta apresentou uma queixa, daí nos reunimos para ver se ele vai treinar ou se tem condições de atuar”, comentou. 

Treinamento 

Na manhã deste sábado, o Grêmio realizou um treinamento em preparação para o jogo contra a Chapecoense, marcado para esta segunda, às 20h, na Arena. O grupo foi dividido em três equipes e duas delas se enfrentavam, trabalhando passes e movimentação, enquanto a terceira aguardava o momento de ingressar na atividade. Luciano trabalhou com bola, mas o volante Michel, que se recupera de lesão, trabalhou em separado. 



Veja também