Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

O preparador físico do Grêmio, Reverson Pimentel, concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira para falar sobre os trabalhos de pré-temporada e revelou que o clube tem feito um trabalho especial com alguns jogadores. Nomes como Diego Souza, Douglas Costa, Benítez e Geromel, que enfrentaram diferentes problemas ano passado ou tem idade mais avançada, recebem atenção individualizada.

Diego Souza, por exemplo, acertou uma espécie de pacto para se manter no peso ideal durante o temporada. Prestes a completar 37 anos, o centroavante esteve longe da melhor forma física na reta final da temporada passada, como o próprio admitiu em entrevista no início da semana.

– Na verdade, tem tido um trabalho individual não só com o Douglas e com o Diego, mas sim com alguns atletas que merecem um cuidado especial, como Geromel, como Benítez. A gente entende que tem que individualizar o trabalho de cada atleta. Durante essa semana, gente fez palestras multidisciplinares com todos os setores, a nutrição palestrou, preparação física, parte técnica, parte de fisiologia, departamento médico, para que os atletas entendessem cada processo que o clube tem colocado esse ano – disse Pimentel.

– Sobre o Diego, o mais importante de frisar é que tivemos uma conversa com ele, que o importante é ele não só chegar no peso aceitável, e sim durante a temporada toda ele manter esse peso. A gente entende que ele precisa de carga de treino, precisa ter um cuidado especial com alimentação. O Diego entendeu perfeitamente isso, foi mostrado um planejamento com todos os setores para ele. Não tenho dúvida que esse ano vai ser um ano totalmente diferente para o Diego – acrescentou.

Já para Douglas Costa e Benítez, o principal foco é a prevenção de lesões. O camisa 10 ficou de fora de algumas partidas na última temporada por problemas musculares, e a avaliação interna do Grêmio é que ele foi submetido a um número excessivo de jogos por conta da situação difícil do clube no Campeonato Brasileiro, com a qual ele não estava acostumado durante seu tempo de Europa.

Durante a pré-temporada, Douglas Costa tem chegado mais cedo aos treinamentos para realizar trabalhos preventivos e até agora o rendimento dele tem se mostrado mais do que satisfatório, segundo o preparador. Da mesma forma, Benítez também tem feitos trabalhos especiais e sido poupado de algumas atividades em função do seu histórico de lesões.

– Sobre o Douglas Costa, ano passado ele chegou, a minutagem que ele teve no Grêmio por conta da situação do clube, a gente acabou lesionando ele em alguns momentos. Nada que fosse muito grave. Mas a minutagem que ele fez ano passado foi muito maior do que ele tinha feito nas últimas quatro temporadas. Ele está fazendo todo o processo de pré-temporada, é um atleta que chega antes no clube, que faz alguns preventivos que são obrigatórios, para que ele possa render. Os números dele na pré-temporada têm sido acima do aceitável – elogiou.

Reverson Pimentel ainda enalteceu o fato de o Grêmio conseguir fazer uma pré-temporada de 30 dias, o que não foi possível no último ano em função do calendário atribulado pela pandemia. Na opinião do preparador, isso será fundamento para que o time obtenha o rendimento desejado por Mancini nas três competições que vai disputar, além de prevenir lesões.

– Tenho muito a elogiar a confiança que a diretoria deu. É raro hoje no futebol brasileiro e no calendário do futebol brasileiro você ter 30 dias para preparar uma equipe. Então, o Grêmio já começa saindo na frente com essa confiança que a diretoria tem dado para a comissão técnica, essa tranquilidade de fazer uma pré-temporada digna, para a gente fazer um ano com os resultados que a gente tem planejado. Estamos criando um alicerce muito forte nesses 30 dias de trabalho – garantiu.



Veja também