Péssimo 2011, por enquanto

16 de maio de 2011 - Às 18:51
Leia como foi o fim de 2010 até Maio de 2011 para o Grêmio
Fim de 2010 invejável, uma recuperação incrível, apenas duas derrotas em dezenove jogos no segundo turno do Brasileirão, classificação à Libertadores e uma promessa de ótimo começo de 2010 com todas as expectativas criadas nos jogadores e principalmente no técnico.
Começa 2011 e o Grêmio mesmo sem jogar bem, vai levando o Gauchão e a Libertadores no limite. Saída repentina de Jonas. Campeão do 1º turno no sufoco, nos pênaltis contra o Caxias. Classificação suada no grupo mais fácil da Libertadores.
Muitas contusões, muitos desfalques, nada de contratações e eliminação na Libertadores da América. Derrota nos pênaltis, a primeira para o Inter, na decisão do segundo turno. Desconfiança que acabou na ótima vitória no Beira-Rio.
Derrota sem ter inspiração dentro do Olímpico na volta, e Mortal nos pênaltis.
Agora, o que podemos esperar para o segundo semestre de 2011. Após não conquistar nada, e mais sair no prejuízo do que no lucro, chegou a hora do Imortal voltar a seus velhos tempos. Contratações deverão acontecer, pois o futebol no Brasil não pára, e Domingo tem Brasileirão.


Veja também