“Pés no chão” e nada de oba oba!

6 de outubro de 2010 - Às 02:38
Antes de um treino na manhã de Terça, o técnico Renato Gaúcho reuniu o elenco em uma sala no Olímpico para tratar de um assunto. Na reunião, foi tratado sobre o possível retorno do G4 e o jogo contra o Prudente.
Renato Gaúcho pediu para os jogadores terem os pés no chão nos dois assuntos. Não haver empolgação com possível vaga a Libertadores e não menosprezar o xará de Prudente.~
Renato falou:
– Já sabia que vocês iam perguntar isso, e me antecipei com o grupo. Falei para eles que temos de respeitar o Prudente, ter os pés no chão. Matematicamente eles têm chance ainda, e eles tendo chance é mais um jogo da vida deles. (…) Libertadores a gente lembra sim, mas temos que pensar jogo a jogo. Se voltar o G-4, ficamos a três pontos do Atlético-PR e do Botafogo, senão a distância para o Cruzeiro é de nove pontos. Fica mais difícil.
Com, digamos assim, confirança, Renato falo do segundo turno tricolor:
– Com toda humildade, é a qualidade do técnico. Quando cheguei aqui a situação era ruim. Mas pela minha experiência, de já ter sido jogador, sabendo o que os jogadores pensam, isso facilitou. Não tenho varinha mágica, mas vou passar coisas boas para eles. E, lógico, com um padrão tático. O time não pode ser um bando.
Fruto da boa campanha…
– Quando eu cheguei aqui vinham sete, oito mil torcedores. Agora dá gosto de ver o estádio sempre lotado. O torcedor tem comparecido, isso é fundamental. Lugar de torcedor é aqui. Vim do Rio de Janeiro agora e vi lá muitos torcedores com a camisa do Grêmio, muita gente me parabenizando. Isso é bom.
***
Embora jogue contra o lanterna do campeonato, no Olímpico, o Grêmio não pode entrar de salto alto achando que vai ganhar fácil, pois o placar sem dúvida será magro e com muita dificuldade. Basta ver que o Prudente quase venceu o líder Fluminense na última rodada.


Veja também