Peruano do PSV não ‘rouba’ vaga e Grêmio busca mais dois atacantes

Beto da Silva não tomará vaga dos 'fazedores de gols' que Grêmio busca

15 de janeiro de 2017 - Às 11:11

Beto da Silva ainda não assinou, e faltam etapas importantes para isso, mas se vier não ocupará as vagas que o Grêmio abriu em seu elenco para atacantes. Ou seja, o Tricolor mantém a busca por mais dois ‘fazedores de gols’.

Aos 20 anos, o atacante do PSV se encaixa como ‘oportunidade de mercado’. Analisado há tempos, ele foi oferecido e as condições agradaram. As tratativas avançaram.

Revelado pelo Sporting Cristal, o jogador de dupla cidadania (peruano e brasileiro) não deverá tirar vaga dos ‘fazedores de gols’ que o Grêmio procura desde dezembro. Nesta busca, o clube voltou à estaca zero depois de desistir de Kayke e Gabriel Fernández.

“O conceito de ‘fazedor de gols’ é mais amplo. O Grêmio trabalha com a ideia de jogadores que ajudem o time a fazer gols, eles podem fazer ou ajudar outros a fazerem gols”, disse Odorico Roman, vice-presidente de futebol do Grêmio.

Beto da Silva, por mais que reúna potencial e convocações para seleção principal do Peru, é tratado de outra forma. Como um investimento do Grêmio dentro de um conceito diferente. Um jovem promissor que, se tiver rápida adaptação e bom desempenho, poderá entrar no time. Mas não será buscado para essa condição.



Veja também