Após 20 dias afastado em razão de dores na coxa esquerda, Pepê voltou ao time do Grêmio e fez história no Gre-Nal da noite de quarta-feira, no Beira-Rio. Aos 23 anos, o atacante completou 100 jogos com a camisa tricolor e marcou o primeiro gol em um clássico Gre-Nal pela Libertadores.

O lance manteve a supremacia recente do Grêmio no clássico, com 10 jogos invictos e três vitórias consecutivas. E fez a torcida gremista lembrar os melhores momentos de Everton Cebolinha, antecessor de Pepê na posição.

Aos 28 minutos do segundo tempo, Pepê recebeu a bola de Darlan, avançou contra Saravia e acertou um chute preciso no canto esquerdo de Marcelo Lomba. Imediatamente os gremistas começaram e lembrar os gols de Everton, vendido ao Benfica. A semelhança com o primeiro gol de Cebolinha pelo clube português chama atenção

Após o jogo, Pepê foi questionado sobre as comparações com Everton e afirmou que o ex-colega sempre foi uma inspiração e que aprendeu muito com ele no Grêmio.

– Everton é um grande jogador, sempre me ajudou bastante em treinos, jogos. Pude aprender muito com ele e hoje posso implementar isso com meu companheiros dentro do clube – disse Pepê.

Pepê no Gre-Nal

  • 1 gol
  • 2 chutes
  • 19 passes
  • 1 falta cometida
  • 2 faltas recebidas
Pepê foi o herói do Gre-Nal 427 — Foto: Staff Images/Conmebol

Pepê foi o herói do Gre-Nal 427 — Foto: Staff Images/Conmebol

O gol, o sexto do atacante na temporada e o 22º pelo clube, ainda rendeu outras brincadeiras dos gremistas na redes sociais. Alguns fizeram uma junção com o apelido do atacante com a estrela do PSG, Mbappé: “Mbapepê”.

Com a vitória no Gre-Nal, o Grêmio chega aos sete pontos, assim como o Inter, mas fica em segundo do Grupo E da Libertadores pelo saldo de gols (3 a 1). Na próxima rodada, o Tricolor enfrenta a Universidad Católica, na terça-feira, às 19h15, na Arena.



Veja também