O atacante Pepê não teve lesão detectada após passar por exames. O autor do primeiro gol do Grêmio na vitória por 2 a 0 sobre o Caxias, na primeira partda da final do Gauchão, assim, não deve ser problema para o duelo de domingo, na Arena. Diego Souza deve treinar nesta sexta e também pode ser utilizado.

Pepê foi substituído no início do segundo tempo ao acusar dores na coxa esquerda. No entanto, a reavaliação não mostrou lesão muscular. Depois do jogo, Renato havia dito que esperaria a avaliação.

— O Pepê sentiu uma lesão que nunca teve, tanto que nem sabia explicar no intervalo. Os jogadores estão há muito tempo sem jogar. Quando não roda, começa a machucar. Eu tiro até porque está cansado, mas fazemos testes. Não deixarei um jogador se arrebentar — apontou o treinador.

Pepê deixou final do Gauchão com dores na coxa — Foto: Eduardo Moura

Pepê deixou final do Gauchão com dores na coxa — Foto: Eduardo Moura

Assim, mesmo sem lesão, Pepê pode ficar como alternativa para se aprumar fisicamente. O jovem de 23 anos deu lugar a Everton durante o jogo, que marcou um golaço e fechou o placar no Centenário. O camisa 11 é a primeira alternativa caso o titular fique mesmo fora.

Diego Souza vai passar por avaliação nos próximos dias e pode eventualmente aparecer na decisão. Inclusive, é possível que treine nesta sexta-feira. O centroavante deixou o empate com o Flamengo, na semana passada, com edema na coxa esquerda. O Tricolor treina à tarde no CT Luiz Carvalho.

Para o time da final, Renato terá novamente à disposição Orejuela e Kannemann, que voltam de suspensão. Matheus Henrique é baixa por ter recebido o terceiro cartão amarelo.



Veja também