Pedida alta afasta Michael Arroyo do Grêmio

Tricolor mandou contraproposta com oferta salarial menor para equatoriano

17 de junho de 2017 - Às 08:53
Foto: Instagram / Reprodução / CP

O atacante equatoriano Michael Arroyo ficou mais longe de um acerto com o Grêmio após reunião realizada nesta sexta-feira, em Porto Alegre. O motivo foi a alta pedida salarial do jogador para assinar com o clube gaúcho.

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., veio a Porto Alegre nesta sexta após acompanhar a delegação na vitória sobre o Fluminense na quinta com expectativa de fechar com o Arroyo. A negociação não está encerrada, mas o jogador só assinará com o Tricolor se diminuir a pretensão salarial.

Michael Arroyo viria para compor o grupo de atacantes do Grêmio que atualmente conta com Barrios, Luan, Fernandinho, Jael, Everton e Pedro Rocha. Dois desses seis atletas estão no departamento médico e o equatoriano serviria como mais uma opção para o técnico Renato Portaluppi.

Arroyo estava no América do México, onde teve contrato encerrado há algumas semanas. No último Campeonato Mexicano, ele disputou 14 partidas e marcou apenas um gol.



Veja também