Foto: Eduardo Moura

A próxima quarta-feira reserva um momento especial para Paulo Victor no Grêmio. O goleiro entrará em sua primeira Libertadores como titular diante do Rosario Central, às 21h30, no Gigante de Arroyito, na Argentina. A bagagem ajuda o atleta a não deixar se tomar pela ansiedade.

Paulo Victor tem no currículo participações com o Flamengo na Libertadores. Mas foi reserva na campanha de 2014. Chegou ao Grêmio em meio à competição, em 2017, e acabou com o título. Agora, terá a chance de começar a edição de 2019 atuando.

– Usamos a vivência nossa, o dia a dia, o aprendizado que podemos ter com companheiros. A maturidade vai te deixando mais experiente, sabendo que temos que crescer a cada dia. A bola muda, o campo muda. Estou feliz e concentrado, as coisas vão acontecendo com naturalidade. Temos que trabalhar para estar em alto nível sempre – comentou o goleiro gremista em entrevista coletiva nesta quarta.

O treinamento desta tarde foi o primeiro com a bola da Libertadores. A marca é diferente da usada no estadual, portanto, com características diferentes. O goleiro aprovou o instrumento de trabalho utilizado na competição da América do Sul.

– Não gosto de falar mal de bola, mas a do Brasileiro, da Libertadores, dá uma diferença muito grande da do estadual. Uma competição grande como essa merece uma bola melhor, desfrutar de um jogo melhor, favorece em campo também – completou.

O Grêmio terá tempo de trabalho até o primeiro compromisso pela Libertadores. Na sexta-feira, fará um jogo-treino contra o Sindicato dos Atletas para dar mais ritmo aos titulares. A viagem para a Argentina ocorre na tarde de segunda-feira, após treinamento pela manhã no CT Luiz Carvalho.



Veja também