Paulo Victor fecha o gol e comemora boa fase de goleiros: “Grêmio ganha com isso”

Com duas grandes defesas, goleiro foi um dos destaques do time reserva de Renato na Ressacada, dias após milagre de Marcelo Grohe na Libertadores

30 de outubro de 2017 - Às 05:47
Foto: Reprodução

Paulo Victor mostrou neste domingo, contra o Avaí, que o Grêmio está bem servido de goleiros. Quatro dias após o milagre de Marcelo Grohe na Libertadores, contra o Barcelona-EQU, ele fechou o gol contra o Avaí e evitou que o time gaúcho saísse da Ressacada com uma derrota. Sem culpa nos gols dos catarinenses, fez ao menos duas grandes defesas, que garantiram o empate em 2 a 2, em jogo pela 31ª rodada do Brasileirão.

Após dominar o primeiro tempo, o time reserva do Grêmio caiu de rendimento na segunda etapa. E precisou contar com seu arqueiro. Logo a um minuto da etapa final, Marquinhos cobrou escanteio na área e Leandro Silva cabeceou para o chão, mas o goleiro salvou. Depois, aos 42, quando o time gaúcho já havia cedido o empate, contou com a sorte – e com uma boa dose de coragem – ao salvar com o rosto outra cabeçada de Joel, quase na pequena área.

Ao final da partida, o goleiro recebeu os cumprimentos dos gremistas pela boa atuação. Mas fez questão de dividir os méritos com o preparador de goleiros do time, Rogério Godoy. E também com Renato, que tem o escalado com frequência, e o titular Marcelo Grohe, cujo milagre em chute à queima-roupa de Ariel, em Guayaquil, correu o mundo na semana passada.

– A gente vem buscando isso. O Rogerião é um cara que cobra bastante a gente. Eu venho trabalhando com ele há três meses, já entrei no ciclo dele, da maneira que ele gosta de trabalhar. Tem que agradecer a Deus pela oportunidade, agradecer pela confiança, o Renato está me colocando para jogar. E parabenizar o Marcelo. A defesa dele foi importantíssima no momento crucial da partida. Acho que todo mundo ganha. O goleiro que entrar em campo, o Marcelo, eu, Bruno Grassi, Leo, qualquer um que tiver, o Grêmio ganha com isso – disse Paulo Victor.

Não foi a primeira vez que o goleiro foi protagonista pelo Grêmio. Logo em sua estreia com a camisa tricolor, contra o Atlético-MG, em jogo pela 19ª rodada, defendeu cobrança de pênalti de ninguém menos que Robinho e garantiu o 2 a 0 no placar. Contratado pelo Grêmio para ser opção a Marcelo Grohe, Paulo Victor já disputou seis jogos no Campeonato Brasileiro e sofreu sete gols. Seu contrato com o clube gaúcho vai até o final de 2019.

Após o empate em Florianópolis, o Grêmio se mantém na quarta colocação da tabela, com 51 pontos. O Tricolor dirige seu foco total ao jogo da volta da semifinal da Libertadores, contra o Barcelona-EQU, na próxima quarta-feira, às 21h45, na Arena. Com o triunfo histórico por 3 a 0 na ida, no Equador, o Tricolor pode até perder por 2 a 0 em casa, que garante a vaga na final. Pelo Brasileirão, a próxima partida está marcada para o domingo, às 17h, na Arena, contra o Flamengo.



Veja também