O vice-presidente de futebol do Grêmio, Paulo Luz, defendeu o discurso de Renato Portaluppi após o empate em 1 a 1 no Gre-Nal desse sábado. O dirigente comentou que o clube está vivendo uma situação incomum justamente por conta da pandemia e pela quantidade de lesões, fatores que impedem a continuidade de uma mesma equipe no Brasileirão. 

“Não é uma questão de preocupação, mas de responsabilidade. Nós como dirigentes queremos o melhor para o Grêmio e posições mais superiores na tabela. Temos plena convicção de que logo logo obteremos as vitórias que são realmente preciosas para que a gente encaminhe uma melhor posição e traga tranquilidade e serenidade ao clube. Estamos vivendo a situação de excepcionalidade de uma pandemia”, argumentou. 

Luz ainda comentou que a cada dia o clube pode ser surpreendido com os resultados dos testes de Covid-19. “Com todas as consequências de lesões, estamos submetidos a cada 48 horas ou menos de 72h a esses testes de Covid. Nós podemos ser surpreendidos a qualquer momento. É esta paciência que eu pediria ao nosso torcedor, entendendo o seu sentimento, principalmente após um Gre-Nal em que estivemos muito perto da vitória”, explicou. 



Veja também